Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » MUDANÇAS

Presidente do Atlético-MG explica mudança de posicionamento do clube nas últimas temporadas: "Publicidade"

Sérgio Sette Câmara comentou sobre a economia que o galo fez nas últimas temporadas e a relação com os patrocionadores

Isabelly Cristaldo Publicado em 23/03/2020, às 09h00

O mandatário falou da relação do clube com os patrocionadores
O mandatário falou da relação do clube com os patrocionadores - Transmissão TV Galo

O Atlético Mineiro mudou radicalmente sua postura de atuação no mercado da bola nas últimas duas temporadas.

Em 2018 e 2019, a diretoria de Sérgio Sette Câmara fez economias, montando elencos mais enxutos e modestos. Porém, neste ano, o clube decidiu ousar: fez contratações acima do orçamento antigo (Allan, Guilherme Arana, entre outros), contratou um dos treinadores mais em alta, Jorge Sampaoli, e firmou acordo com um diretor de futebol renomado, Alexandre Mattos.

Tudo isso é possível graças às economias feitas nos últimos anos, mas também a ajuda de patrocinadores.

E sobre tudo isso, o mandatário do Galo foi questionado pelo Globo Esporte, principalmente como funciona a questão das parceiras do time.

“Não vou falar sobre isso. São questões internas. Temos que entender que o Atlético é uma empresa que tem suas estratégias, não vou sair abrindo tudo. O certo é que as contas são apresentadas para o conselho fiscal e há um conselho deliberativo que têm acesso a tudo que é feito e não há nada sendo feito errado”, afirmou Câmara.

Uma hipótese descartada de parceria é aquela que envolve direitos econômicos de atletas.

Desde 2015, a Fifa proíbe que empresas sejam donas de porcentagem de jogadores. Sette, mesmo em um primeiro momento não querendo se aprofundar no tema, explicou, usando exemplos hipotéticos, como é a relação entre clube e investidor, no caso específico do Atlético.

“São relações de patrocínio. A maioria das vezes é patrocínio. Você pode ter um patrocínio no qual o cara paga R$ 2 e, de repente para poder injetar um dinheiro lá, ajudar, você aumenta esse patrocínio para R$ 4, para R$ 5. Você coloca que é parcelado em tantos meses aquele patrocínio, que é exatamente o diferencial. Então, vamos supor: R$ 2,5 milhões na manga da camisa, aí o clube vai precisar de mais tanto para poder pagar 12 meses do Sampaoli. Beleza. Calcula quanto dá por mês aí e faz o pagamento a mais no patrocínio. Dá R$ 400 mil, R$ 500 mil a mais? Então passa de R$ 2,5 milhões para R$ 3 milhões. É assim. Não tem muito segredo”.

Ele finalizou: "É, o retorno de muitos deles é de publicidade. Porque a gente aumenta a exposição da marca. Existem várias maneiras de você aumentar".


5 itens essenciais para os torcedores do Atlético Mineiro

1- Chaveiro de Metal Atlético - https://amzn.to/2MEXNK6

2- Copo Térmico Inox  Atlético - https://amzn.to/2BxzabF

3- Escova Dental Torcedor Atlético - https://amzn.to/2MCj8nn

4- Canivete Multiúso Atlético - https://amzn.to/2PctD2b

5- Fone de Ouvido Atlético - https://amzn.to/2o7SKrX

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!