Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Palmeiras se revolta com gol do Atlético-MG e ironiza VAR

O segundo gol de Hulk, que foi o do empate do Atlético-MG, revoltou o Palmeiras e muitos palestrinos aproveitaram para criticar o VAR no lance

Redação Publicado em 24/11/2021, às 13h29 - Atualizado às 13h48

Palmeiras não está feliz com a arbitragem no jogo contra o Atlético-MG - Cesar Greco / Palmeiras
Palmeiras não está feliz com a arbitragem no jogo contra o Atlético-MG - Cesar Greco / Palmeiras

Palmeiras e Atlético-MG fizeram uma grande partida na última terça-feira, 23, e saíram do Allianz Parque com um empate de 2 a 2. O resultado não agradou grande parte dos palestrinos, que se manifestaram com um sentimento de revolta no lance do gol de Hulk, que garantiu o único ponto do Galo no confronto. 

Na oportunidade o jogador acertou uma bomba de fora da área, mas na frente de Jaílson havia um jogador do Atlético-MG atrapalhando a visão e indicando certa participação no lance. O acorrido foi parecido com o que aconteceu com o Palmeiras no último final de semana, mas na oportunidade o VAR indicou e o tento foi anulado. 

 

Nas redes sociais, o Palmeiras ironizou as decisões e mostrou alguns lances idênticos ao do segundo gol do Atlético-MG e publicou o vídeo com a seguinte frase: " Três gols muito parecidos, mas apenas um anulado". Confira abaixo a publicação do Verdão em relação a decisão do árbitro da partida sobre o tento de Hulk. 

Além disso, quem também se revoltou com o lance e se pronunciou nas redes sociais foi Mauricio Galiotte. Indignado com a não anulação do gol mineiro, o presidente do Palmeiras fez uma nota oficial nas redes sociais e desabafou em relação ao ocorrido. O cartola se mostrou extremamente incomodado com a falta de criério da arbitragem. 

Impressionante a falta de critério da arbitragem e do VAR para lances tão parecidos, com decisões tão diferentes. Lamentável o despreparo. Precisamos evoluir muito nas questões envolvendo a arbitragem", escreveu. Galiotte utilizou o perfil oficial do Palmeiras para se manifestar sobre a decisão do VAR e também do árbitro principal da partida. 

Em entrevista coletiva, João Martins também demonstrou sua insatisfação com a decisão da arbitragem. O auxiliar de Abel Ferreira questionou a maneira como o Palmeiras está sendo prejudicado nos últimos jogos do Brasileirão e citou que algumas coisas que acontecem dentro de campo são incompreensíveis. 

"Antes de responder as perguntas, quem diz a verdade não merece castigo. Vamos falar um pouco, mais uma vez, daquele lance do segundo gol. Temos que falar a verdade. Como é possível, pelo terceiro jogo seguido, o Palmeiras ser prejudicado? Marcos Rocha quando viu o gol percebeu o que aconteceu e falou com o árbitro. A pressa que ele tinha de buscar a bola no gol para reiniciar o jogo, são coisas incompreensíveis”, finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!