Sportbuzz
Testeira
Futebol / OLIMPÍADAS - FUTEBOL FEMININO

Mesmo após falha no gol da Holanda, Pia garante permanência de Bárbara: "Não sou fã de mudar a goleira durante um torneio"

Logo depois da falha, Bárbara sabia que tinha o respaldo de Pia para continuar na posição de titular

Redação Publicado em 26/07/2021, às 08h18

Pia comenta sobre a falha de Bárbara no gol do Brasil - GettyImages
Pia comenta sobre a falha de Bárbara no gol do Brasil - GettyImages

Brasil e Holanda empataram em 3 a 3 neste sábado, 24, pelas Olimpíadas. Em um dos gols das holandesas, a goleira Bárbara falhou, e logo a permanência dela, por parte da treinadora Pia Sundhage passou a ser questionada.

No entanto, logo depois da falha, Bárbara sabia que tinha o respaldo de Pia para essa situação, e que não sentia que sua posição na continuidade das Olimpíadas, estaria comprometida, e foi isso que a técnica reafirmou em entrevista coletiva.

Nesta segunda-feira, 26, Pia Sundhage deu um voto de confiança à camisa 1 do Brasil na entrevista coletiva em Saitama, garantindo que ela não será titular apenas na partida contra a Zâmbia, nesta terça-feira, 27, como no restante da competição.

"Se você olhar o primeiro jogo da Bárbara (goleada por 5 a 0 sobre a China), ela nos salvou algumas vezes. Contra a Holanda, teve bons momentos também. Você precisa de uma goleira experiente, e não sou fã de mudar uma goleira durante o torneio", avaliou a treinadora.

Além de Pia, a zagueira Rafaelle também demonstrou apoio à colega de seleção, evitando falar muito sobre a falha no gol holandês, quando Bárbara espalmou para dentro das redes a cabeçada fraca de Vivianne Miedema.

"Eu acho que a gente sempre faz nosso trabalho em grupo. Não foi uma falha da Bárbara. A bola para chegar no gol teve um lançamento, a cabeçada da atacante delas, então eu não colocaria dessa forma. Foi mérito da Holanda", apontou a zagueira.

Já que a Seleção Brasileira feminina está bem perto de conquistar a vaga para a próxima fase da competição, Pia contou que a ideia agora é poupar algumas atletas, pensando nas próximas partidas decisivas.

"Este é o momento de pensar em ter pernas descansadas, então certamente faremos mudanças", disse Pia antes de completar.

"Teremos a chance usar algumas substitutas, para estarmos preparadas para as quartas de final. Mas o mais importante é fazer um bom jogo amanhã", finalizou.

Somando a mesma quantidade de pontos da Holanda no Grupo F, o Brasil precisa somente do empate contra Zâmbia para garantir sua classificação para as quartas de final da competição feminina nas Olimpíadas.

No entanto, se conseguir vencer, a equipe ainda pode acabar terminando em primeiro lugar, mas desde que a Holanda tropece contra a China, ou vença, mas termine com saldo de gols menor que o do Brasil.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!