Sportbuzz
Testeira
Futebol / RACISMO EM CAMPO

Homem é acusado de fazer gesto racista para flamenguistas na Supercopa

Um homem não-identificado foi flagrado supostamente imitando um macaco em campo; Atlético-MG divulgou nota sobre o caso nesta segunda-feira, 21

Redação Publicado em 21/02/2022, às 18h00 - Atualizado às 18h01

Indivíduo foi apontado como funcionário do Atlético-MG - Reprodução
Indivíduo foi apontado como funcionário do Atlético-MG - Reprodução

O último domingo, 20, foi marcado pela vitória do Atlético-MG sobre o Flamengo na decisão da Supercopa do Brasil. No entanto, o dia não foi somente de festa: um indivíduo foi filmado em campo supostamente fazendo gestos racistas para a torcida rubro-negra que estava presente na Arena Pantanal, em Cuiabá.

O homem segurava uma camisa do Galo e circulava em campo no meio da partida. Além do vídeo, outro registro feito por membro da segurança também apontava para a mesma pessoa, que teria chamado os torcedores de “macacos fedorentos”. Os gestos filmados eram feitos diretamente à seção de assentos reservada ao Flamengo no estádio.

 

CANAL - SPORTBUZZ: 

De acordo com o jornal “EXTRA”, o acusado não é funcionário do clube alvinegro, embora estivesse sendo apontado como tal justamente por ter livre circulação no gramado. Parte da torcida do Galo levantou a hipótese de não se tratar de um gesto racista, mas de uma imitação da pose comemorativa do jogador Hulk. No fundo das gravações, é possível ouvir os espectadores nas arquibancadas repudiando o comportamento em campo.

Conforme o caso circula nas redes, mais registros aparecem para corroborar nas investigações. A CBF ainda não identificou a pessoa em questão, e a assessoria do Atlético-MG se posicionou diante do ocorrido garantindo que não se trata de um integrante no seu corpo de funcionários. Veja trechos da nota divulgada:

Jogadores do Galo comemorando o gol de Nacho
Jogadores do Galo comemorando o gol de Nacho - Getty Images

 

“O indivíduo que aparece nas imagens nunca fez e não faz parte do quadro de funcionários do Galo, tampouco é prestador de serviços do Clube. [...] O Galo reforça sua posição de repudiar veementemente qualquer ato de racismo ou de preconceito contra quem quer que seja [...].”


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!