Sportbuzz
Testeira
Futebol / PAULISTÃO

Em jogaço com sete gols, Bragantino supera o São Paulo no Paulistão

Com a vitória por 4 a 3, o Bragantino conseguiu vencer duas vezes seguidas no Paulistão, enquanto o São Paulo soma apenas um ponto de nove disputados

Redação Publicado em 04/02/2022, às 06h51 - Atualizado às 06h52

Jogadores do Bragantino comemorando o gol diante do São Paulo no Paulistão - Ari Ferreira/Red Bull Bragantino/Flickr
Jogadores do Bragantino comemorando o gol diante do São Paulo no Paulistão - Ari Ferreira/Red Bull Bragantino/Flickr

Na noite desta quinta-feira, 3, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, Bragantino e São Paulo protagonizaram o melhor jogo e com o marcador mais extenso conquistado até nesta edição do Paulistão. Com o placar fechando em 4 a 3 para o time da casa, o confronto ainda contou com a famosa "lei do ex", já que Gabriel Novaes, formado em Cotia, marcou.

O ex-São Paulo deixou o dele nos minutos finais do confronto, garantindo a segunda vitória consecutiva do Bragantino no Paulistão, além de manter o Tricolor com apenas um ponto somado em três rodadas já disputadas da competição. Hoje, a equipe integra o Grupo B e precisa de uma reação forte para não ficar muito distante dos demais adversários.

Canal - SportBuzz

Falando de gols, o Massa Bruta abriu o placar com Artur, para na sequência Alisson empatar para o São Paulo. Porém, Alerrandro deixou a equipe do interior novamente em vantagem ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Igor Vinicius deixou tudo igual mais uma vez e Calleri virou para o Tricolor. Hyoran empatou e Gabriel Novaes deu um fim no confronto deixando o dele.

O jogo

Primeiro tempo

Ainda que o jogos estivesse bem equilibrado, já nos primeiros minutos o Bragantino se mostrou com mais vontade de atacar, marcando o adversário com maior agressividade e deixando a partida mais acelerada. A equipe ainda foi mais competente na hora de atrapalhar a construção da jogada Tricolor que vinha do campo de defesa.

Jogadores do Bragantino comemorando o gol diante do São Paulo
Jogadores do Bragantino comemorando o gol diante do São Paulo (Crédito: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino/Flickr)

 

Toda essa vontade em jogar deu resultado aos 11 minutos, quando Miranda acabou se atrapalhando e teve o passe roubado por Artur. O atacante invadiu a área e mandou para dentro do gol de Tiago Volpi. Após o gol, a ideia do São Paulo era reagir imediatamente, ficando mais no campo de ataque, mas para isso teve algumas dificuldades.

Com a vantagem debaixo do braço, o Bragantino deixou que o Tricolor chegasse mais, principalmente pelos lados. No entanto, a estratégia se virou contra eles, já que aos 22 minutos, depois da cobrança de escanteio pela direita, Miranda desviou e Alisson somente empurrou para o gol para deixar tudo igual.

O Massa Bruta chegou ao segundo gol aos 40 minutos. Em novo vacilo da defesa Tricolor, Hyoran mandou um belo toque de cabeça na área para Alerrandro, que já chegou batendo sem dar qualquer chance para Volpi defender. A primeira etapa terminou com os donos da casa na frente, mas os visitantes querendo chegar.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o São Paulo chegou ao empate logo no primeiro minuto de jogo. Rigoni finalizou da entrada da área, Cleiton desviou, a bola bateu na trave e ficou em cima da linha para Igor Vinicius chegar empurrando de carrinho. Tendo mais velocidade, o Tricolor virou o jogo aos sete minutos, com Rigoni cruzando certinho para Calleri ganhar da zaga e cabecear.

A resposta do Bragantino veio aos 17 minutos, depois de um lindo chute de Hyoran direto no ângulo esquerdo de Volpi. Luan Cândido, aos 30, quase virou a partida de novo, mas parou nas mãos do goleiro são-paulino. O São Paulo acabou levando a virada de Gabriel Novaes aos 42, quando teve uma queda de rendimento.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!