Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / LUTO

“Deixa um legado eterno e inesquecível”, diz Zagallo sobre Pelé

Parceiro de sucesso de Pelé, Zagallo se despediu do amigo: “Hoje o mundo, chorando, para e se despede do maior de todos, do Rei do Futebol”

Redação Publicado em 29/12/2022, às 17h31

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
“Deixa um legado eterno e inesquecível”, diz Zagallo sobre Pelé - Reprodução
“Deixa um legado eterno e inesquecível”, diz Zagallo sobre Pelé - Reprodução

Parceiro de muitas conquistas com Pelé, Zagallo também se manifestou com post nas redes sociais lamentando a morte do ex-jogador. O Rei do futebol faleceu nesta quinta-feira, 29, no hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de travar uma batalha contra um câncer diagnosticado no cólon.

Pelé e Zagallo fizeram uma parceria de sucesso na Seleção Brasileira. Ambos atuaram como companheiros na Copa do Mundo de 1958, que terminou com o título do Brasil. Eles ainda dividiram o campo na campanha vitoriosa de 1962. Em 1970, Zagallo foi técnico de Pelé no histórico tricampeonato. Foi o último Mundial disputado pelo Rei.

“Meu maior parceiro se foi e é com esse sorriso que guardarei você comigo. Amigo de tantas histórias, vitórias e títulos e que deixa um legado eterno e inesquecível. A pessoa que parou o mundo diversas vezes”, começou Zagallo.

“A pessoa que fez da camisa 10 a mais respeitada. Um brasileiro que defendeu nosso País em todo o mundo. Hoje o mundo, chorando, para e se despede do maior de todos. Do Rei do Futebol. Obrigado por tudo, Pelé. Você é eterno. Eu te amo”, continuou.

TRAJETÓRIA DE PELÉ!

Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido como Pelé, é considerado o maior jogador da história do futebol por toda sua trajetória, dribles, gols e por seu legado deixado para o esporte. O mineiro de Três Corações surgiu no futebol com 15 anos, no Santos. A carreira de Pelé estourou de maneira muito rápida e, aos 16 anos de idade, já foi convocado para a Seleção Brasileira, conquistando seu primeiro título com a amarelinha, aos 17.

Pelé acenando para os fãs
Pelé deixou legado impossível de ser atingido na história (Crédito: GettyImages)

Nascido no dia 23 de outubro de 1940, o “Rei” foi muito importante para a história do Peixe. Levando o clube ao conhecimento do mundo todo, Pelé viveu seus momentos de maior glória nos anos de 1962 e 1963. Com uma equipe fortíssima, o time da Vila venceu os principais torneios do Brasil e do mundo.

Foi bicampeão da Libertadores e do Mundial de Clubes. Antes, havia estreado em 1956, contra o Corinthians, de Santo André. Dois anos depois, foi chamado para a disputa da Copa do Mundo de 1958 e já venceu seu primeiro título com o Brasil. Com o Peixe, Pelé conquistou o Campeonato Paulista em 10 oportunidades e foi hexa campeão brasileiro.

Pelé sendo homenageado na Copa do Mundo
Pelé é lembrado em todos os lugares do mundo (Crédito: GettyImages)


Os números do jogador são impressionantes. Ao todo, foram 1365 jogos e 1282 gols marcados. O maior ídolo da história do torcedor santista deixou um legado muito forte no esporte. Grandes jogadores já expressaram a importância que o “Rei” deixou para o esporte. Pepe, seu parceiro de Santos, afirma que é o maior artilheiro do clube, pois considera Pelé como um extraterrestre.

Na Seleção Brasileira, a trajetória não foi menos gloriosa. Tricampeão do mundo, Pelé disputou quatro Copas do Mundo e venceu três. Em 1958, aos 17 anos, jogou sua primeira partida em mundiais contra a URSS. Esta foi a primeira aparição do atacante para o mundo. Na Copa de 1962, se machucou no segundo jogo e não pôde jogar o restante da competição.

Pelé posa para foto
Pelé vinha tratando o câncer desde o ano de 2021 (Crédito: Reprodução / Instagram)

Mesmo assim, se tornou bicampeão do mundo. No Mundial seguinte, o desempenho de toda a equipe não foi satisfatório, e o Brasil acabou eliminado na fase de grupos. Em 1970, Pelé teve o seu melhor momento com a camisa verde e amarela. Comandou o time dentro de campo, mesmo sendo ameaçado por Zagallo de ficar no banco de reservas.

No ano seguinte, fez seu jogo de despedida no Maracanã para mais de 138 mil pessoas. Em 1974, disputou sua última partida com o Santos. O adversário foi a Ponte Preta. Dois anos mais tarde, Pelé foi contratado pelo New York Cosmos. Conquistou o título americano em 1977 e encerrou oficialmente sua carreira em uma partida entre os dois clubes em que atuou durante sua vida.

Pelé participando de evento
Pelé: gênio dentro e fora dos gramados (Crédito: GettyImages)

Fora dos campos, Pelé participou de vários filmes e novelas. Gravou duas músicas com Elis Regina e fez diversas participações em propagandas. Foi investigado pela Ditadura Militar, em 1970, por uma possível “simpatia” com a esquerda política. Por suas opiniões conservadoras, foi muito criticado durante sua vida.

Além disso, o craque enfrentou muitos questionamentos por não defender as causas que lhe pertenciam. Já no ano de 2021, o Rei passou por uma cirurgia após descobrir um câncer no cólon. Depois de longos meses na batalha contra a doença, o ídolo brasileiro nos deixou aos 81 anos de idade. Pelé deixa sua esposa, Márcia Aoki, com quem era casado desde 2016, e seis filhos: Edinho, Kelly, Flávia, Joshua, Celeste e Jennifer.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!