Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / EXCLUSIVA!

Cuello ignora provocações do Flamengo e mira título da Copa do Brasil

Cuello quer vencer Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão pelo Athletico-PR, e falou com exclusividade ao SportBuzz sobre a sequência da temporada de 2022; confira

Lucas Miluzzi Publicado em 26/07/2022, às 11h00

Cuello e Athletico-PR querem o título da Copa do Brasil e o jogo está feliz com a chegada de Felipão - GettyImages
Cuello e Athletico-PR querem o título da Copa do Brasil e o jogo está feliz com a chegada de Felipão - GettyImages

Tomás Cuello é uma das grandes esperanças do Athletico-PR - e de Felipão - para a Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão. O argentino chegou ao Furacão nesta temporada e virou titular absoluto. Em entrevista exclusiva ao SportBuzz, o jogador abriu o jogo sobre o seu início no clube, além da relação que tem com Scolari e da expectativa para o confronto diante do Flamengo, que vai acontecer nesta quarta-feira, 27, às 21h30 (de Brasília).

De acordo com o atacante, que tem dois gols e três assistências em 2022, o Athletico-PR mudou desde a chegada de Felipão. Cuello relembrou do começo difícil com Alberto Valentim e destacou o investimento que o Furacão realizou para ter uma equipe forte. Desta forma, o atleta valorizou a chegada de Luiz Felipe Scolari ao clube rubro-negro.

"No princípio acho que foi meio que um processo de adaptação, muitos jogadores novos e a gente dentro do campo não se conhecia muito; por causa do pouco tempo de trabalho, dos jogos em sequência. Mas com a chegada do Felipão foi uma crescente muito grande do time. Ele mostrou para nos o que ele queria, e a gente entendeu a mensagem. Isso ficou claro dentro do campo. Também mostra porque estamos brigando pelas três competições", começou.

Cuello falou que Felipão criou uma família no Athletico: "Ele, quando chegou, abraçou todo mundo e falou que precisava de todos para mudar essa chave de altos e baixos. Quando ele chegou, todo mundo começou do zero e, nos momentos ruins, a gente ficava de cabeça para baixo. Ele animou muito o grupo e acho que foi muito importante a chegada dele para a gente chegar onde estamos agora".

Cuello em ação
Cuello é um dos grandes nomes do Athletico-PR e o jogador quer vencer a Copa do Brasil (Crédito: GettyImages)


Com a chegada de Felipão, o futebol de Cuello cresceu como um todo, e o time chegou vivo nas três principais competições da temporada. Questionado pela reportagem se o clube iria priorizar algum campeonato, o argentino negou. De acordo com ele, o Furacão vai em busca de fazer história e sonha com os títulos da Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão. 

"A gente não prioriza nenhuma, Acho que a gente tem condições e elenco para lutar pelas três até o final. Acredito que jogo a jogo a gente entende a importância das partidas. A gente quer, o clube aspira, fez um investimento grande para isso e nós queremos ganhar títulos, fazer o nosso melhor para comemorar grandes coisas no final da temporada", seguiu.

O primeiro desafio do Athletico-PR nesta maratona de jogos será o Flamengo nesta quarta-feira, 27, pela Copa do Brasil, e Cuello sabe das qualidades da equipe rival. Além disso, o argentino demonstrou estar consciente do que pode enfrentar durante a partida, visto que os adversários cariocas costumam gostar de provocações. O atacante deixou a polêmica de lado e focou na classificação da equipe no torneio. 

Sabemos da qualidade do time do Flamengo, dos jogadores que eles têm, mas a gente tem um elenco forte e estamos fazendo as coisas muito bem. Acredito que a gente vai fazer o nosso melhor e impor o nosso jogo. A gente vem sendo respeitado por isso", explicou. 

"Eu acho que as provocações fazem parte do futebol, deste folclore, São dois jogos, não só um, estamos tranquilos. Como falei, temos um trabalho bem feito e na semana trabalhamos muito bem para chegar no jogo. As provocações são parte do jogo, dentro do campo e entre as torcidas de futebol. O que a gente quer é ir lá no Rio, dar o nosso melhor, conseguir o resultado, e voltar para Curitiba para buscar o resultado, sair na frente e conseguir a classificação porque é o que precisamos e queremos", finalizou.

Outras respostas de Cuello ao SportBuzz!

  •  Por falar “em família” é possível ver uma proximidade grande dos jogadores estrangeiros do Athletico. Na última rodada, inclusive, você, Terans e Cannobio marcaram. Como é essa relação entre vocês e se um ajuda o outro?

R: "Sim. A gente trata de se ajudar muito, às vezes parece muito difícil ficar longe da família. Estamos sempre juntos, sentamos no almoço nas refeições e ficamos falando. Os brasileiros falaram para a gente separar um pouco, mas a gente fica ali na resenha".

  • Em meio a todas essas competições, vocês tiveram a chegada de Fernandinho. Como está sendo trabalhar com ele e como foi a recepção para o volante?

R: "Para mim é um orgulho, um prazer muito grande. Faz uns meses que tava olhando para ele na Champions League, contra o Real Madrid, jogo muitos grandes, que na altura do Manchester City, sabemos da importância do time no mundo e tê-lo agora de companheiro é muito bom. Temos outros jogadores também como o Marlos, além dos experientes como Thiago Heleno, que são jogadores que me acolheram muito bem e também acolheram bem os outros estrangeiros. Sem palavras para elas, são grandes jogadores e também grandes pessoa".

  • Além da Copa do Brasil, o Athletico-PR tem pela frente a Libertadores. Vocês vão encarar o Estudiantes, um time tradicional na América do Sul. Como está a preparação e qual foi a reação do elenco ao ver o adversário?

R: "A gente está tranquilo, sabe da qualidade do Estudiantes, eu principalmente acompanho o futebol argentino. É um time forte dentro de casa e é um time que vai para cima e a torcida empurra bastante. Tem jogos muito importantes pela frente antes desse, mas sem dúvidas o Estudiantes vai ser um rival difícil e vai dar trabalho. Mas a gente acredita no potencial que a gente tem. Tomara que a gente possa conseguir a classificação para dar alegria para a torcida do Athletico-PR e para a gente também, que trabalha em torno disso".

  • Como é o dia a dia com Mario Celso Petraglia no Athletico-PR? 

R: "Ele cumpre a sua função de presidente de clube e todos sabem da importância que ele tem. Tive a possibilidade de conhecer ele no meu primeiro dia e ele me recebeu da melhor forma, além de toda a novela que se criou para a minha chegada aqui. Ele me falou sobre os objetivos do clube e fiquei muito impressionado. Ele é uma pessoa que aponta muito alto e os jogadores que vêm aqui para jogar no Athletico com essas aspirações têm muita mais vontade de ganhar".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!