Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / NÃO DEVE SEGUIR!

Cuca dá pista sobre futuro no Atlético-MG e faz revelação

Cuca chegou ao Atlético-MG na metade da temporada de 2022, mas não conseguiu alcançar os principais resultados durante o ano e ressaltou que não deve ficar

Redação Publicado em 14/11/2022, às 08h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cuca não deve seguir no Atlético-MG para a temporada de 2023 - GettyImages
Cuca não deve seguir no Atlético-MG para a temporada de 2023 - GettyImages

A relação entre Cuca e Atlético-MG foi desgastante durante a temporada de 2022. O time não conseguiu títulos sob o comando do treinador e ainda correu risco de ficar de fora da zona de classificação para a próxima edição da Libertadores da América. Desta forma, o futuro do técnico no Galo ficou ainda mais complicado e a tendência é de que ele não continue no próximo ano. 

Em entrevista coletiva, após a vitória do Atlético-MG contra o Corinthians, na última rodada do Brasileirão, Cuca foi questionado em relação a sua sequência no clube. O treinador deixou claro que não deve seguir para 2023 e que a relação entre ele e a torcida foi se desgastando aos poucos. De acordo com ele, algumas ofensas o deixaram chateado e o fizeram repensar em relação ao seu futuro no Galo.

"A probabilidade maior é de eu sair. Foi um ano desgastante. A torcida ficou na bronca, comigo inclusive. E com a sua razão, talvez sem razão na palavra usada (mercenário). Meu contrato vence agora. Não teve conversa nenhuma comigo dos R's, da diretoria. A gente entende que é a hora de seguir o caminho. Talvez um comum acordo", afirmou.

Segundo Cuca, o Atlético-MG possui outras prioridades no momento: "Se vai virar SAF, quem é a SAF, de qual forma será montada essa diretoria... Não é o Cuca que fala se vai ficar ou não vai ficar. Tenho contrato até 31 de dezembro e vou ajudar na montagem (do elenco) e no que for preciso, como eu tenho conversado com o Rodrigo e o presidente Sérgio".

Atlético-MG em ação contra o Corinthians
Atlético-MG levou a melhor mesmo atuando fora de casa (Crédito: Pedro Souza / Atlético / Flickr)

"Não é porque o campeonato acabou que eu não vou trabalhar pelo Galo em montagem, em troca de uma peça ou outra. Vamos discutir e fazer o melhor. Depois, quando acabar o ano, é outra história. Não é que eu precise de alguma coisa. Eu não preciso de nada. O que precisa é as coisas caminharem. Há um caminho a ser percorrido. Não foi boa essa passagem, demorou para embalar", finalizou. 


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!