Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Atlético-MG: Caetano quebra o silêncio sobre futuro de Mohamed

Antonio Mohamed vive momento difícil no Atlético-MG e Rodrigo Caetano garantiu que o clube confia no trabalho do treinador para a sequência da temporada

Redação Publicado em 12/05/2022, às 12h43

Rodrigo Caetano bancou Mohamed no Atlético-MG - Pedro Souza/Atlético Mineiro
Rodrigo Caetano bancou Mohamed no Atlético-MG - Pedro Souza/Atlético Mineiro

A fase de Mohamed no Atlético-MG deixa os torcedores alvinegros preocupados para o restante da temporada. Na última quarta-feira, 11, o Galo visitou o Red Bull Bragantino e ficou apenas no empate. O resultado, por sinal, só aumentou os números negativos da equipe nas rodadas recentes do Brasileirão. Já são quatro jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. 

Essa sequência não muito agradável de Antonio Mohamed no Atlético-MG tem feito com que os torcedores critiquem o seu trabalho nas redes sociais. No entanto, nesta quinta-feira, 12, em entrevista coletiva, Rodrigo Caetano aproveitou para convocar os jornalistas e mandar um forte recado para todos sobre o futuro de Turco no Galo. 

CANAL - SPORTBUZZ:

A convicção é total, a confiança no trabalho, seja pelo resultado, seja pela metodologia, ambiente. Todos os fatores nos levam a crer, apesar dos quatro jogos sem vitórias”, avisou.

Rodrigo Caetano defendeu o Mohamed: "Ele usou até uma impressão de que durante os 30 anos atuando no futebol, ele nunca sentiu um ambiente tão favorável como aqui do Galo, com profissionais tão comprometidos. Serve para cortar qualquer tipo de mimimi. Ele é extremamente aberto ao diálogo, o tempo todo interage com os nossos assistentes permanentes, auxiliares".

Mohamed em ação
Antonio Mohamed em ação durante o jogo entre Atlético-MG e Red Bull Bragantino pelo Brasileirão (Crédito: Pedro Souza/Atlético)
Não vamos recomeçar nada aqui. Vamos seguir sim. Não vai ecoar nada de fora para dentro. Esse é o trabalho do diretor de futebol, principalmente”, continuou. 

Rodrigo Caetano, por sinal, aproveitou o momento para dizer que não vai abrir mão de blindar o elenco durante esse momento conturbado que vive o Atlético-MG. Segundo o diretor, a ideia no trabalho de Antonio Mohamed continuará sendo mantida e, independente de qualquer tipo de crítica em cima do treinador. 

"Nós já somos experientes o suficiente pra entender, mas nós também temos uma forma um pouco diferente de trabalhar, que é proteger e blindar o nosso ambiente de trabalho do externo, que tem todo direito de fazer suas manifestações. Mas a gente tem que manter a nossa convicção e assim o faremos independentemente das críticas", continuou.

Caetano ainda subiu o tom ao falar das conquistas do Atlético-MG: "O que tínhamos para ganhar agora? Nós ganhamos. Fomos campeões (Mineiro) com uma derrota, tendo ganhado os clássicos. Depois, disputamos, ainda no início, uma Supercopa contra uma das equipes mais fortes do futebol sul-americano. E vencemos por mérito, apesar de ter sido nos pênaltis".

"Temos que ter a humildade de entender que nós vamos perder, que nós vamos enfrentar outras grandes equipes. Primeiro passo para poder ganhar é entender que a nossa equipe não é imbatível. É uma ótima equipe, o elenco é praticamente o mesmo, mas nós vamos oscilar no ano. Lembrando que nós estamos liderando a nossa chave na Libertadores, uma chave dificílima, não só pela logística, na qual tem o atual campeão colombiano, campeão equatoriano e um adversário regional", finalizou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!