Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Hulk vai ser julgado, e Atlético-MG parte para cima do STJD

Hulk foi denunciado pelo STJD no artigo 254-A, que indica agressão física durante a partida, e o Atlético-MG ficou incomodado com a decisão

Redação Publicado em 11/05/2022, às 15h30

Hulk vai ser julgado e pode desfalcar o Atlético-MG em importantes jogos - Pedro Souza/Atlético Mineiro
Hulk vai ser julgado e pode desfalcar o Atlético-MG em importantes jogos - Pedro Souza/Atlético Mineiro

O Atlético-MG não gostou da decisão do STJD de levar Hulk a julgamento depois de um lance polêmico na partida contra o Coritiba, válida pela terceira rodada do Brasileirão. Na oportunidade, o atacante foi bloqueado por Willian Farias na hora do chute e o atacante seguiu com o movimento e acertou o rival. O árbitro da partida deu amarelo para o jogador pelo lance. 

No entanto, o STJD, depois de ver a alegação do árbitro do confronto, que descreveu o ato da seguinte forma: "Dar uma entrada contra um adversário de maneira temerária na disputa da bola", denunciou Hulk no artigo 254-A. Nele, o atleta irá a julgamento devido a praticar uma agressão física durante a partida. A punição pode ser severa e deve deixar o jogador fora entre quatro e 12 jogos no Brasileirão. 

Canal - SportBuzz

A decisão do STJD em levar esse assunto ainda mais adiante deixou o Atlético-MG extremamente irritado com o ocorrido. Inclusive, o Galo utilizou as suas redes sociais para divulgar uma nota e avisou que não gostou nada da atitude do órgão. Segundo o clube, esse tipo de decisão não é esportiva, mas com o foco de prejudicar o atual campeão do Campeonato Brasileiro. 

"É inadmissível que uma postagem infeliz de um atleta rival, em uma rede social, possa motivar denúncia por parte de um procurador do STJD. A denúncia já seria absurda em qualquer qualificação, quanto mais a de agressão física. Em campo, inclusive com a presença de árbitro de vídeo, o lance foi analisado e o jogador punido com cartão amarelo", afirmou o Atlético-MG em nota. 

Hulk em ação
Hulk em ação durante o confronto entre Atlético-MG e Goiás no Campeonato Brasileiro (Crédito: Pedro Souza/Atlético-MG)

Hulk é o principal jogador do Atlético-MG na temporada. O camisa 7 tem chamado a responsabilidade nos jogos e ajudado o Galo a conquistar bons resultados no Brasileirão e também na Libertadores. Já são 17 partidas em 2022, 15 gols e também três assistências, sendo o atleta do time que mais vezes participou em jogadas que resultaram bolas na rede. 

Confira a nota completa do Atlético-MG sobre o caso de agressão de Hulk!

" O Atlético recebeu com perplexidade a notícia de que o atleta Hulk será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pelo lance ocorrido na partida contra o Coritiba, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro.

É inaceitável que a Procuradoria do STJD, que deve primar pela isenção e pela imparcialidade, tenha se prestado ao papel de fazer tal denúncia, oferecida pelo Sr. Rafael Bozzano, claramente motivada por desejo de prejudicar o Clube Atlético Mineiro.

É inadmissível que uma postagem infeliz de um atleta rival, em uma rede social, possa motivar denúncia por parte de um procurador do STJD.

A denúncia já seria absurda em qualquer qualificação, quanto mais a de agressão física. Em campo, inclusive com a presença de árbitro de vídeo, o lance foi analisado e o jogador punido com cartão amarelo.

A propósito, o mesmo interesse e agilidade não foram vistos quando o ônibus do Atlético foi apedrejado em Curitiba, na decisão da Copa do Brasil, em dezembro de 2021 (fato gravíssimo e de pleno conhecimento da Procuradoria do STJD), quando o órgão, por razões inexplicáveis, simplesmente perdeu o prazo para fazer a denúncia.

O Atlético não aceitará calado iniciativas esdrúxulas como essas e fará o que for possível para revertê-las, bem como impedir que motivações pessoais voltem a macular as competições nacionais."


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!