Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / SE PRONUNCIOU!

Athletico-PR se pronuncia após caso de racismo na Arena e faz promessa

Athletico-PR comentou a denúncia de racismo que foi feita pelo São Paulo depois da partida entre as equipes pelo Brasileirão na Arena da Baixada

Redação Publicado em 01/08/2022, às 14h02

Torcedores do Athletico-PR - GettyImages
Torcedores do Athletico-PR - GettyImages

O Athletico-PR utilizou suas redes sociais oficiais para enfim comentar sobre o caso de racismo denunciado pelo São Paulo no domingo, 31, na Arena da Baixada. A equipe informou que "já está adotando medidas para identificar o que foi objeto de acusação e compromete-se a fornecer as imagens que têm do estádio para apuração do ocorrido pelas autoridades competentes".

O Furacão ainda aproveitou para dizer que promete identificar e fornecer todas as imagens que tenham captado os torcedores que teriam feito os gestos racistas na partida do Brasileirão. A Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), enquanto isso, espera para tomar as medidas criminais cabíveis.

Em contato com o site "GE", o delegado da Polícia Civil, Luiz Carlos de Oliveira, lamentou o fato de que o caso não ter sido comunicado no momento em que aconteceu para que a prisão em flagrante pudesse ser realizada. Apesar disso, ele reforçou que o "Athletico-PR colabora sempre que existe um fato lamentável". Nesse caso, a pena pode ser de um a três anos de prisão.

Ainda que os torcedores em si não tenham procurado as autoridades no momento em que os gestos foram feitos, o São Paulo registrou um boletim de ocorrência alegando que um funcionário teria sido vítima de racismo durante o jogo. O Tricolor ainda relatou outras agressões raciais contra os próprios torcedores nas arquibancadas do estádio.

Athletico-PR x São Paulo em campo pelo Brasileirão
Athletico-PR x São Paulo em campo pelo Brasileirão (Crédito: Rubens Chiri/SaoPauloFC/Flickr)

No Boletim de Ocorrência, que foi registrado pelo time paulista pouco tempo depois do apito final da confronto, foi relatado que um torcedor do Athletico-PR fez uma série de ofensas, sendo que algumas até mesmo em tom homofóbico, contra um funcionário do clube. Ao término das suas falas agressivas, ele chamou a vítima de "macaco de merd*".

Em seu comunicado, o Athletico-PR disse que "se verificado que houve algum ato criminoso ou desrespeitoso praticado por sócio, submeterá a questão para Câmara de Ética e Disciplina". É válido lembrar que a Arena da Baixada já foi palco para outros casos de racismo no futebol, como quando o lateral Samuel Santos, do Londrina, acusou um torcedor de injúria racial.

A nota oficial

"O Club Athletico Paranaense tomou conhecimento sobre as acusações de racismo na partida deste domingo (31), diante do São Paulo. O Club já está adotando medidas para identificar o que foi objeto de acusação e compromete-se a fornecer as imagens que têm do estádio para apuração do ocorrido pelas autoridades competentes", iniciou o clube.

"O Athletico Paranaense novamente vem manifestar publicamente que repudia veementemente quaisquer atos de racismo e reitera que não tolera e nunca tolerará comportamentos racistas dentro da instituição. Se verificado que houve algum ato criminoso ou desrespeitoso praticado por Sócio, submeterá a questão para Câmara de Ética e Disciplina", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!