Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / EITA!

Athletico-PR: Felipão rasga o verbo sobre reclamações do Flamengo

Athletico-PR visitou o Flamengo na noite desta quarta-feira, 27, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, e voltou para casa com o empate

Redação Publicado em 28/07/2022, às 07h15 - Atualizado às 13h58

Treinador do Athletico-PR, Felipão - GettyImages
Treinador do Athletico-PR, Felipão - GettyImages

O Athletico-PR viajou até o Rio de Janeiro nesta quarta-feira, 27, para encarar o Flamengo no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, mas voltou para casa de mãos vazias e irritado com o adversário. Depois da partida, o técnico Felipão aproveitou a coletiva para rebater as reclamações do Rubro-Negro sobre os lances do confronto.

Vale lembrar que os cariocas pediram, principalmente, a marcação de um pênalti de Fernandinho em cima de Léo Pereira, que foi ignorado pelo árbitro. No lance, a disputa de bola aconteceu aos 22 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro do Flamengo caiu na área depois de reclamar de um puxão. De olho, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira decidiu não marcar. 

"Eles tão reclamando de alguma coisa? Foi vergonhoso, era para expulsar (Arrascaeta) 30 dias seguidos. Não só um. Não venha com choradeira, gritinhos de histeria", disparou Felipão durante a entrevista coletiva ao comentar sobre o lance e o pedido da equipe carioca em que a jogada fosse revisada para que a penalidade fosse assinalada.

O comandante do Athletico-PR ainda aproveitou para citar mais dois lances que considera que seus comandados foram prejudicados. O primeiro aconteceu em um chute de Gabigol em Fernandinho, em que os dois levaram cartão amarelo no primeiro tempo, enquanto o segundo foi de uma entrada de Arrascaeta em Erick já no final da partida.

Athletico-PR x Flamengo em campo pela partida da Copa do Brasil
Athletico-PR x Flamengo em campo pela partida da Copa do Brasil (Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo/Flickr)

Felipão analisou que houve risco na jogada, principalmente que Erick pudesse sofrer uma grave lesão. O executivo de futebol do clube, Alexandre Mattos, usou as redes sociais para protestar diante da atuação e das decisões da arbitragem por conta das mesmas jogadas que foram faladas por Felipão durante a coletiva. "Não tem VAR?", escreveu.

E agora?

Agora, as equipes têm o jogo de volta para resolverem suas pendências. Ele está programado para acontecer no dia 17 de agosto, às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada, casa do Furacão. O vencedor deste confronto vai encarar na próxima fase da competição quem se sair melhor no duelo entre São Paulo x América-MG.

Próximo compromisso

Apesar de querer resolver essa situação dentro de campo logo, o Athletico-PR terá que se concentrar em um outro compromisso antes disso. Isso porque neste domingo, 31, a equipe recebe o São Paulo em casa às 16h (horário de Brasília), para mais uma rodada do Brasileirão, onde busca somar os três pontos para entrar no G4.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!