Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Após receber resposta da CBF, Grêmio encaminha pedido ao STJD para barrar público no Maracanã

Grêmio recorreu ao órgão para que a partida contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, aconteça com portões fechados

Redação Publicado em 14/09/2021, às 07h20

Jogadores de Flamengo e Grêmio - GettyImages
Jogadores de Flamengo e Grêmio - GettyImages

E ainda não foi definido oficialmente se o público no estádio do Maracanã, para a partida entre Flamengo e Grêmio, estará presente. Após receber a resposta da consulta na CBF, a equipe gaúcha decidiu recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

A ideia é que através do órgão, o Grêmio consiga que a partida seja realizada com os portões fechados. Segundo declarou o vice de futebol Marcos Herrmann, a CBF se esquivou do caso, alegando que existe uma decisão do próprio STJD que libera a presença de público no estádio.

Dessa forma, a CBF não vai se movimentar em nenhum sentido para que a presença do público seja barrada na partida da Copa do Brasil no meio da semana.

Foi depois desse posicionamento, segundo o site "GaúchaZH", que o departamento jurídico do Grêmio começou a trabalhar em um mandado de garantia de ordem personalíssima, que pretendia enviar ao STJD ainda na segunda-feira, 13.

A publicação destaca que essa medida, diferente do movimento dos 17 clubes do Brasil, tem como objetivo derrubar a liminar favorável ao Flamengo, concedida pelo presidente do tribunal, Otávio Noronha. 

A alegação gremista

O Grêmio bate o pé dizendo para que não haja torcida na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Flamengo.

Se levado em conta o protocolo de volta do público aos estádios, que foi apresentado pela CBF, está negada a presença da torcida nos jogos eliminatórios caso uma das praças não tenha a liberação das autoridades.

Dessa forma, foi essa situação encontrada pelo Grêmio em Porto Alegre, na data do primeiro jogo, e sem sua torcida presente.

Ainda, de acordo com o site, Otávio Noronha não estipulou uma data fixa para analisar o pedido dos 17 clubes brasileiros, e a ideia é que o pleno do tribunal julgue o caso no dia 23 de setembro.

Ainda assim, ele informa que decisão sobre a liminar dos clubes pode ser tomada a qualquer momento. Porém, caso a decisão contrária não seja tomada a tempo para o confronto de quarta-feira, 15, o Maracanã estará garantido com a presença dos torcedores.

Mesmo contra a vontade dos demais clubes brasileiros, e da própria CBF, o Flamengo conseguiu uma autorização do STJD para jogar com público. Tendo a liberação da prefeitura do Rio de Janeiro, o clube rapidamente iniciou a venda de ingressos.

Falando dentro das quatro linhas, o Grêmio deve entrar em campo com o time sem alguns de seus titulares, já que perdeu o primeiro jogo por 4 a 0 na Arena, e praticamente jogou a toalha na competição.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!