Sportbuzz
Testeira
Futebol / AMOR À TORCIDA!

Abel Ferreira se derrete e dedica vitória do Palmeiras à torcida

Abel Ferreira comandou o Palmeiras em mais uma vitória em clássicos e não conseguiu esconder a felicidade com a festa feita pela torcida nas arquibancadas

Redação Publicado em 18/03/2022, às 09h20

Abel Ferreira se derrete por torcida do Palmeiras - Flickr - Cesar Greco/Palmeiras
Abel Ferreira se derrete por torcida do Palmeiras - Flickr - Cesar Greco/Palmeiras

Abel Ferreira não deixou de comemorar a vitória do Palmeiras sobre o Corinthians na noite desta quinta-feira, 17, no Allianz Parque. A partida atrasada, válida pela sexta rodada do Campeonato Paulista,  marcou mais um triunfo do Verdão em clássicos e, ainda assim, o treinador português fez questão de creditar os três pontos à torcida.

Em entrevista coletiva após o clássico, Abel falou sobre o quão importante a torcida foi durante a partida e não poupou elogios. Ainda assim, em meio à demonstração de afeto aos adeptos, o treinador fez questão de deixar claro que o pênalti assinalado para o Corinthians foi mal marcado, em sua opinião.

 

CANAL - SPORTBUZZ

"Hoje eu queria dedicar essa vitória aos nossos torcedores. A todos eles, sem exceção. Hoje realmente todos fomos um. Hoje o chiqueiro pegou fogo. Senti um ambiente desde o início que foi inacreditável, foi espetacular. Já que exigem que a equipe mantenha essa atitude, o que interessa para a família palmeirense é que estejamos todos juntos, a equipe, a direção e os torcedores. Hoje vocês foram o 12º jogador que nos empurrou, mesmo sofrendo um pênalti que na minha opinião não é pênalti", comentou.

Ao continuar comentando sobre a penalidade máxima, o treinador destacou a falta de critério da arbitragem em dois lances muito específicos. Primeiro, em disputa de bola no ataque, Dudu usou o ombrou para tentar chegar à bola e o bandeira assinalou falta do camisa 7. Contudo, na origem do lance do pênalti, Roger Guedes roubou a bola da mesma forma e o juiz nada marcou.

Danilo foi o craque do jogo
Danilo sofreu um pênalti, fez gol e foi o craque do clássico contra o Corinthians - Flickr (Cesar Greco/Palmeiras) 

"Fico curioso porque na televisão não falam na falta antes sobre o Murilo e porque não mostram repetição do lance do Dudu dentro da área. A televisão deve fazer isso e é responsável por passar todas as imagens. Não sei se é pênalti sobre o Dudu, mas segundo me chegaram informações nem repetição houve. Temos de ser criteriosos e hoje só houve falta de critério. Marcaram falta no Dudu, que eu disse que é falta do ginásio, de ombro. O árbitro marcou. Depois não viu a falta no Murilo e marcou o pênalti. Critério tem de ser igual", reclamou.

Abel se mostrou muito orgulhoso da equipe, principalmente após passar com 100% de aproveitamento em uma sequência de três clássicos seguidos. Contudo, o comandante sabe que o Palmeiras ainda tem muito a melhorar e pregou, como sempre, a união entre torcida, elenco e diretora para que a boa fase se mantenha.

"Mais do que nunca sinto e sei o que é palmeirense. Vamos ficar bem fechados. Elenco, direção e torcida. [...] A equipe tem muito para trabalhar e crescer. No Brasil se empolga muito, temos de ser humildes e temos muito trabalho a fazer pela frente. Nossa equipe é jovem, tem presente e futuro. O que vem de fora é igual, o que eu controlo é o trabalho, dependo dos meus jogadores. Toda minha energia vai para eles. Tudo que vem de fora, positivo ou negativo, pode nos fortalecer. É fundamental que estejamos unidos. Quanto mais unidos estivermos, mais temidos vamos ser", comentou o treinador.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!