Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / COMPLICADO

Fórmula 1: Ferrari alega que falha no motor tirou vitória de Leclerc

Fórmula 1 tinha Leclerc como líder do GP da Espanha no último final de semana até que o monegasco sofreu com um problema na volta 27 e não conseguiu se recuperar

Redação Publicado em 24/05/2022, às 15h53

Fórmula 1 tem explicação da Ferrari sobre derrota de Leclerc - GettyImages
Fórmula 1 tem explicação da Ferrari sobre derrota de Leclerc - GettyImages

A Fórmula 1 nos proporcionou uma reviravolta impressionante no último domingo, 22, no GP da Espanha. Acontece que Charles Leclerc estava chegado para conquistar mais uma vitória segura até acontecer uma perda repentina de potência, que o tirou da disputa na volta 27. Depois da prova, a Ferrari falou sobre o problema no carro, que foi apontado como uma falha no motor.

"Ao examinar a unidade de potência do carro de Leclerc, descobrimos que o turbo e o MGU-H (sistema de recuperação de energia térmica) estão danificados e não podem ser reparados", informou a escuderia italiana, que ainda viu seu piloto abrir 30s de vantagem para o segundo colocado, mas ter tudo sendo levado por água abaixo após a falha.

Canal - SportBuzz

Essa sua retirada da prova deixou o caminho livre para que o piloto da Mercedes pudesse assumir a liderança até ser superado por Sergio Pérez. Na sequência, ele mesmo abriu um novo caminho para o colega da RBR, Max Verstappen ocupar a primeira posição e consequentemente garantir a sua quarta vitória na temporada de 2022 da Fórmula 1.

Apesar de ter se pronunciado, a Ferrari ressaltou que a falha no motor de Leclerc não foi causada por um erro no desenvolvimento da unidade de potência adotada pela equipe nesta temporada, o que indicaria as condições climáticas durante a prova ou o modo de uso como outras alternativas de prováveis causas.

Fórmula 1 tem pronunciamento da Ferrari por falha
Fórmula 1 tem pronunciamento da Ferrari por falha (Crédito: GettyImages)

"No entanto, tendo analisado completamente a falha e sua causa, estamos convencidos de que ela não ocorreu por uma falha de projeto ou problema de confiabilidade com esses dois componentes, ou quaisquer outros elementos da unidade de potência", informou a escuderia, fazendo menção à temperatura do ar e da pista batendo os 36ºC e 41,1ºC, respectivamente.

Esse abandono fez com que Max Verstappen conseguisse diminuir a diferença de 19 pontos com relação ao monegasco e assumisse a liderança do campeonato de pilotos. Além dos pilotos em si, a RBR também saiu na frente da Ferrari e agora está ocupando o primeiro lugar no Mundial de construtores.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!