Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Copa do Mundo / COPA DO MUNDO

André Onana: o goleiro que superou a suspensão por doping para brilhar na Itália

André Onana, goleiro da seleção camaronesa, superou a severa punição após ser pego no teste antidoping e hoje defende um dos maiores clubes da Europa

Gabriela Santos Publicado em 07/11/2022, às 22h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Onana, o goleiro que superou a suspensão de doping - GettyImages - SportBuzz
Onana, o goleiro que superou a suspensão de doping - GettyImages - SportBuzz

Em fevereiro de 2021, ele perdeu o chão. Estrela do Ajax, da Holanda, o jovem goleiro camaronês André Onana foi severamente punido pela Uefa após ingerir - por engano - uma substância proibida; o jogador foi flagrado no exame antidoping.

Como parte da preparação para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, o SportBuzz conta a história do goleiro André Onana, o jogador camaronês que superou a suspensão por doping para voltar a sonhar em fazer história por sua seleção.

Formado nas categorias de base do Barcelona, Onana chegou ao Ajax em 2014 e disputou 214 partidas pelo time principal do clube, sendo 85 sem sofrer gols. Sua passagem pelo time holandês foi marcada por uma severa punição e caso de doping.

Em um teste antidoping realizado em outubro de 2020, foi identificada uma substância furosemida em sua urina. No dia 5 de fevereiro do ano seguinte, saiu a punição da UEFA para o goleiro: suspensão de um ano, que foi reduzida para nove meses depois de uma apelação à Corte Arbitral do Esporte (CAS).

André Onana em ação pela Inter de Milão
André Onana em ação pela Inter de Milão (Crédito: GettyImages) 

“Em uma semana de fevereiro de 2021, perdi tudo. Eu estava em Camarões com a seleção e recebi uma ligação do médico da equipe do Ajax. Quando ele me disse que eu tinha testado positivo para furosemida, minha reação foi: ‘Como? Isso é uma piada?’ Eu disse a ele: ‘Doutor, com certeza você cometeu um erro. Eu sei como são esses testes. Já fiz muitos deles e nunca houve um problema’”, escreveu Onana em uma carta à “The Players Tribune”.

“Quem me conhece sabe que eu não bebo. Eu não fumo. E eu nunca toquei em drogas. Sem chance. Eu nunca tinha ouvido falar de furosemida. As únicas pílulas que eu coloquei no meu corpo foram as que os médicos do clube ou da seleção nacional prescreveram”, acrescentou.

“Depois de falar com o Ajax, liguei para minha namorada, Melanie. Eu estava realmente rindo contando a ela sobre isso. Eu tinha tanta certeza de que isso era apenas um erro. De repente, ela disse: ‘André, furosemida… isso está no remédio de gravidez que os médicos me deram’. Foi quando me atingiu. Este não foi um erro de administrador”, explicou o jovem goleiro na carta.

“Quando voltei de Camarões, o médico do clube veio comigo até minha casa e revisou tudo que eu tinha nos armários para verificar. Ele confirmou. Devo ter tomado uma pílula para dor de cabeça e confundi as caixas. Tomei a pílula que o médico receitou a Melanie. As caixas eram basicamente idênticas”, continuou o camaronês.

André Onana em ação pela seleção camaronesa
André Onana em ação pela seleção camaronesa (Crédito: GettyImages) 

“Este foi apenas um erro estúpido. Depois de tudo, eu assumi que eles ficariam tipo, ‘OK, essas coisas acontecem. É um erro. Tenha mais cuidado da próxima vez’. Para colocar em termos de futebol, pensei que eles me mostrariam um cartão amarelo. Mas não, eles foram direto para o vermelho. Doze meses de proibição. Nada de futebol”, desabafou.

Antes mesmo do término de sua suspensão, que aconteceu no dia 4 de novembro, Onana retornou aos treinamentos quando foi reintegrado ao elenco sub-23 do Ajax. No entanto, foi pouco aproveitado pelo então técnico da equipe, Erik ten Hag.

Ele voltou de vez aos gramados depois de ser convocado pela seleção camaronesa para as últimas partidas da segunda fase das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, e teve importante participação nas partidas decisivas contra Malawi e Costa do Marfim.

“Após um longo período de lutas e sofrimentos, voltei a ser um jogador de futebol e defender o meu país. Quero agradecer a todas as pessoas que me acompanharam e me deram força neste trajeto difícil. Trabalho feito. Vamos para mais”, escreveu Onana nas redes sociais na época.

Após oito temporadas no futebol holandês, e sem vínculo renovado, Onana foi contratado sem custos pela Inter de Milão-ITA em julho de 2022, com contrato válido até 2026. O acordo já estava acertado desde outubro do ano passado.

Hoje com 26 anos, André Onana é considerado um dos goleiros mais promissores do futebol mundial. Antes de ser pego no teste antidoping, o camaronês era titular absoluto no Ajax. Ele foi destaque na campanha semifinalista do clube na temporada 2018/19 da Champions League.

Seleção de Camarões 

Onana tem 31 partidas vestindo a camisa da seleção de Camarões desde sua estreia, em 5 de setembro de 2016. Depois de cumprir os nove meses de suspensão por doping, ele voltou a campo numa Data Fifa decisiva para ajudar seu país a avançar para a fase final das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo; a vaga foi conquistada posteriormente.

A seleção camaronesa está no Grupo G da Copa do Mundo de 2022, integrando a mesma chave de Brasil, Sérvia e Suíça. Camarões fará sua estreia no torneio no próximo dia 24 de novembro, às 07h (horário de Brasília), contra os suíços.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!