Sportbuzz
Tênis / AGORA VAI?

Mesmo sem vacina, Djokovic poderá disputar Roland Garros

Djokovic tem “sinal verde” para disputar Roland Garros mesmo sem ter se vacinado contra a covid-19; decisão pode ser alterada a qualquer momento

Redação Publicado em 16/03/2022, às 17h22

Mesmo sem vacina, Djokovic poderá disputar Roland Garros - Getty Images
Mesmo sem vacina, Djokovic poderá disputar Roland Garros - Getty Images

Mesmo sem se vacinar contra a covid-19, Djokovic poderá disputar o torneio de Roland Garros, segundo Grand Slam do ano, devido à flexibilização da França com relação a pessoas não vacinadas que entram no país. Em entrevista concedida nesta quarta-feira, 16, a nova diretora de Roland Garros, Amelie Mauresmo, deu luz verde para que o atual campeão possa defender seu título.

"Neste momento, não há nada que o impeça de voltar às quadras", afirmou Mauresmo sobre Novak Djokovic, que não tomou nenhuma dose do imunizante contra a covid-19 e, por conta disso, foi impedido de disputar o Australian Open no início deste ano. Na ocasião, o sérvio foi deportado e precisou deixar o país oceânico.

 

CANAL - SPORTBUZZ: 

Sem poder disputar o primeiro Grand Slam do ano, Djokovic viu Rafael Nadal alcançar seu 21º título da categoria e se tornar o maior vencedor de maneira isolada. Agora, em Roland Garros, o atual número 2 do mundo quer fazer diferente e conquistar o título em solo francês pela terceira vez em sua carreira, para se igualar novamente ao espanhol e voltar ao topo do ranking da ATP.

Apesar de confirmar a participação de Djokovic no torneio, o presidente da Federação Francesa de Tênis, Gilles Moretton, deixou claro que a declaração vale para o atual momento e que as coisas podem mudar dependendo do desenrolar da pandemia.

Djokovic não disputou o Australian Open por falta de vacina
Djokovic não disputou o Australian Open por falta de vacina - Getty Images

 

Não depende de nós. Ainda há um vírus circulando e temos que ser cautelosos. Se as coisas começarem a piorar de novo e o governo precisar criar novas medidas (restritivas), nós não seremos exceção a essas regras”, afirmou ele.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!