Sportbuzz
Outros Esportes / FÓRMULA 1!

Leclerc perde relógio de valor astronômico na Itália após ser roubado

Leclerc foi assaltado na comuna italiana de Viareggio nesta segunda-feira, 18, à noite e perdeu o relógio de luxo que estava utilizando no momento

Redação Publicado em 19/04/2022, às 17h40

Leclerc, piloto de Fórmula 1 - GettyImages
Leclerc, piloto de Fórmula 1 - GettyImages

Leclerc não teve sorte depois de desembarcar na Itália para disputar o GP da Emilia-Romagna em Imola, neste fim de semana. Líder do campeonato de pilotos da Ferrari na temporada 2022 da Fórmula 1, o monegasco sofreu um assalto na última segunda-feira, 18, à noite na comuna de Viareggio, na Toscana.

Com isso, o piloto acabou perdendo seu relógio de grife personalizado avaliado no valor astronômico de US$ 320 mil, algo em torno de R$ 1,4 milhão. De acordo com a imprensa local, Leclerc estava em um resort com seu treinador, Andrea Ferrari, e alguns amigos, quando foi abordado por fãs na rua por volta das 22h.

Canal - SportBuzz

No momento em que foi encontrar com os fãs, o monegasco não chegou a ser atacado ou ameaçado pela pessoa que o roubou. A peça de luxo foi simplesmente removida do seu pulso em meio à multidão que estava se formando em volta dele para tirar fotos e pedir autógrafos. O piloto da Fórmula 1 de 24 anos registrou um boletim de ocorrência na polícia italiana.

Andrea Ferrari revelou o caso que aconteceu com o piloto nas redes sociais e fez uma crítica à gestão da comuna italiana. "Via Salvatori tem estado completamente às escuras durante meses. Temos denunciado isso há meses. Bem, ontem à noite fomos roubados. Vocês pensam em consertar as luzes da rua em algum momento? Estou pedindo para um amigo...", escreveu.

Leclerc colocando o capacete antes de competir pela Fórmula 1
Leclerc colocando o capacete antes de competir pela Fórmula 1 (Crédito: GettyImages)

 

Apesar de ter sofrido um prejuízo enorme, Leclerc foi visto posando ao lado de outros fãs nesta terça-feira, 19. O monegasco atualmente é o líder do campeonato de pilotos da Fórmula 1 com 71 pontos somados, sendo 34 a mais que o vice-líder George Russell, da Mercedes. Ele conquistou duas vitórias em três etapas até aqui, sendo no GP do Bahrein e na Austrália.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Charles Leclerc (@charles_leclerc)

 

Vale lembrar que essa não foi a primeira vez que um piloto de Fórmula 1 sofre um assalto de relógio. No ano passado, Lando Norris, da McLaren, também perdeu sua peça de luxo depois de ser assaltado nos arredores do estádio de Wembley em Londres, Reino Unido, depois da final da Eurocopa entre Inglaterra e Itália.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!