Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » OLIMPÍADAS 2020!

Esquenta Olimpíadas 2020: Saiba tudo sobre o Basquete e Basquete 3x3, estreante em Tóquio

O esporte da bola laranja é uma das modalidades mais tradicionais dos Jogos e ganha uma ramificação para esta edição

Marcello Sapio Publicado em 20/03/2020, às 10h14

Saiba tudo sobre o Basquete e o Basquete 3x3
Saiba tudo sobre o Basquete e o Basquete 3x3 - Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br

O basquete é uma das modalidades mais tradicionais e famosas dos Jogos Olímpicos e, nesta edição de Tóquio, o esporte trará uma "ramificação" bem conhecida mundo afora: o basquete 3x3, também famoso como "street basketball".

A expectativa é a melhor possível, muito por conta do alto nível técnico apresentado no mundial de seleções, em 2019, que culminou no título da Espanha.

Com isso, o SportBuzz está fazendo uma série de reportagens sobre as modalidades olímpicas e chegou a vez do esporte da bola laranja; confira abaixo!

Brasil x Andorra no basquete 3x3  durante os Jogos Olímpicos da Juventude(Crédito: Danilo Borges/ redes-esporte.gov.br)

 

BASQUETE 3X3

REGRAS GERAIS

Começamos pelo esporte "mais novo" e o debutante nos Jogos Olímpicos, o basquete 3x3, justamente por gerar bastante dúvida sobre como é o modo de disputa desta nova modalidade olímpica.

Como o próprio nome já diz, cada time - no caso, seleção - tem três jogadores em quadra, podendo ter mais um jogador no banco de reservas, que pode entrar apenas quando o jogo parar, nos mesmos moldes do basquete convencional.

O local em que se disputa os jogos é uma meia-quadra oficial de basquete, com uma cesta para as duas equipes.

O tempo de jogo é de 10 minutos, mas pode ser menos, caso uma equipe alcance os 21 pontos primeiro.

Se terminar o tempo e o placar estiver empatado, será jogada uma prorrogação no estilo de "morte súbita". A primeira equipe que fizer dois pontos de forma consecutiva, vence a partida.

SISTEMA DE PONTOS

Justamente pelo objetivo do jogo é chegar aos 21 pontos, meta que seria fácil no basquete tradicional, o sistema de pontos no basquete 3x3 foi alterada.

Os arremessos convertidos atrás da linha da área valem dois pontos - no basquete tradicional vale três.

Já as cestas feitas depois da linha da área valem um ponto, em contra-partida da do basquete tradicional, que vale dois pontos.

A única parte que as modalidades pontuam iguais é em relação aos lances livres, que valem um ponto.

Brasil x Andorra no basquete 3x3  durante os Jogos Olímpicos da Juventude(Crédito: Danilo Borges/ redes-esporte.gov.br)

 

FALTAS

Como no tradicional, as faltas ganham um papel bastante importante no 3x3, tendo um limite coletivo de faltas e um individual, também.

Cada equipe, por partida, pode cometer até seis faltas técnicas. Caso extrapole este número, a cobrança é convertida a um lance livre para o time adversário.

Já no individual, cada jogador pode fazer até cinco faltas técnicas. Ao cometer a sexta, o jogador é expulso da partida.

PAÍSES CLASSIFICADOS 

Para a primeira aparição da modalidade no quadro Olímpico, oito países - tanto no masculino quanto no feminino - disputam a medalha olímpica.

Até o momento, quatro seleções, nas duas categorias, estão com a vaga garantida para Tóquio. Um ponto curioso é que o Japão, no 3x3 feminino, não está classificada.

No masculino, fazem companhia ao japoneses a China, a Rússia e a Sérvia. Já no feminino, estão Rússia, Romênia, Sérvia e Mongólia.

As quatro vagas restantes, para ambas as categorias, seriam decididas no Pré-Olímpico, que estava marcado para acontecer em março, na Índia, mas teve que ser cancelado por conta da epidemia de coronavírus.

BRASIL NO 3X3

O Brasil não tem grande tradição no esporte. Porém, ainda pode garantir a vaga para Tóquio por meio do Pré-Olímpico, se for realizado.

Só que o sonho da Olimpíadas é reservado apenas para o masculino. O feminino não conseguiu se classificar para os classificatórios e deu adeus, de certa forma, precocemente, aos Jogos.

Para o Brasil garantir a vaga, não será nada fácil, já que no mesmo grupo do Pré-Olímpico tem ninguém menos que a campeã mundial, a Espanha, além de outras seleções fortes, como Turquia e Polônia.

Tabela de grupos do Pré-Olímpico de 3x3 masculino (acima) e feminino (embaixo) (Crédito: Divulgação FIBA)

 

CRONOGRAMA EM TÓQUIO

Por ser um esporte mais "rápido" e poucas seleções envolvidas, serão apenas cinco dias com a nova modalidade em Tóquio, disputadas nos ginásios Saitama Super Arena e Aomi Urban Sports Venue.

As partidas começam no dia 25 de julho e acabam no dia 29, tanto no masculino quanto no feminino.

Brasil e EUA nos Jogos Olímpicos de Lima, no Peru (Crédito: Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br)

 

BASQUETE

O ESPORTE NAS OLIMPÍADAS

Se o 3x3 faz a sua primeira exibição como modalidade olímpica em Tóquio, o basquete, por outro lado, integra o programa desde 1936, nos Jogos de Berlim, Alemanha.

Porém, a primeira aparição da bola laranja aconteceu, na verdade, em 1904, em St Louis, nos Estados Unidos, mas como esporte de exibição.

Já o feminino entrou no quadro olímpico algumas décadas depois, nos Jogos de 1976, realizados em Montreal, no Canadá, permanecendo de forma consecutiva até então.

MAIORES VENCEDORES

Como se deve imaginar, a Seleção dos Estados unidos dominam a modalidade no quadro de medalhas, tanto no masculino quanto no feminino.

No masculino, em 19 edições da modalidade, o "Dream Team", como é conhecido as Seleções dos Estados Unidos, ganharam nada mais que 15 ouros, uma prata e dois bronze. Ou seja, de todas as edições, a única em que os estadunidenses não medalharam foi a de Moscou, em 1980.

Já no feminino, a hegemonia permanece, com oito medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze.

Outras seleções ganham destaque no quadro geral, ou seja, se juntarmos o masculino e o feminino, como a União Soviética, que tem quatro medalhas de cada, a Iugoslávia, com um ouro, cinco pratas e dois bronzes.

O Brasil ainda não conseguiu chegar ao posto mais alto do pódio, mas medalhou em cinco oportunidades, com uma prata e cinco bronzes.

A medalha mais recente do Brasil nas Olimpíadas foi em Sidney, na edição de 2000, quando o feminino ganhou bronze ao bater a Coreia do Sul por 84 a 73.

EQUIPES CLASSIFICADAS

O basquete é uma das modalidades que está melhor encaminhada no quesito de seleções classificadas para a edição.

No masculino, oito das doze equipes já garantiram vaga para Tóquio. Entre elas, Japão (que ganhou como país-sede), Nigéria, Austrália, Irã, Estados Unidos, Argentina, Espanha e França.

As quatro vagas seriam decididas no Pré-Olímpico, marcado para acontecer no final de junho, mas por conta da epidemia de coronavírus, o evento não tem uma previsão se será realizado ou não.

O Brasil está no Pré-Olímpico e está é a última chance que o país tem para conquistar a vaga à Tóquio.

Já o feminino tem todas as seleções confirmadas para os Jogos e o Brasil não se classificou. As 12 vagas para as Olimpíadas ficaram com: Japão, Estados Unidos, Austrália, França, Porto Rico, Bélgica, Canadá, China, Coreia do Sul, Sérvia, Espanha e Nigéria.

CRONOGRAMA OLÍMPICO

Assim como o 3x3, os jogos do Basquete se dividirão entre os ginásios Saitama Super Arena e Aomi Urban Sports Venue, entre os dias 26 a 9.

O masculino estreia no dia 26 com a fase de grupos, sendo no dia 4 o início das quartas de final, dia 6 a semi e a final sendo no dia 8.

Já o feminino começa um dia depois do masculino e este padrão se repete por todo o calendário, ou seja, as quartas começam no dia 5; as semis no dia 7 e a grande final no dia 9.


5 itens de basquete para os amantes do esporte

1- Bola de Basquete Nike Dominate 8P Tamanho 7 - https://amzn.to/2JmU6Xs

2- Mini Tabela de Basquete Nba Los Angeles Lakers - https://amzn.to/2qG4UJr

3- Tênis Nike Air Zoom Generation Kings Rook Lebron James QS - https://amzn.to/2MJsAFo

4- Bolsa Fitness Fred Hard Basquete - https://amzn.to/36fzc6m

5- Testeira NBA Headband Nike - https://amzn.to/2BUvmSh

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!