Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Outros Esportes » GINÁSTICA ARTÍSTICA

Daiane dos Santos e Diego Hypolito se emocionam após derrota do Brasil no Mundial de Ginástica: “Dia de luto e tristeza”

Os dois ficaram tocados ao saberem que o time feminino do Brasil está fora das Olimpíadas de 2020

Pedro Ungheria Publicado em 05/10/2019, às 20h40

Daiane dos Santos e Diego Hypolito comentam não ida da Seleção a Tóquio
Daiane dos Santos e Diego Hypolito comentam não ida da Seleção a Tóquio - Transmissão/SporTV

Disputando o mundial, as brasileiras tentaram ocupar uma das 12 primeiras seleções que garantiam o ingresso em Tóquio 2020, contudo, na contagem final das pontuações, as ginastas ficaram com a 14º colocação e interromperam o sonho da próxima Olimpíada. 

Apenas Flávia Saraiva garantiu uma vaga individual no feminino e ainda avançou para três finais.

Ela foi a 11ª colocada no geral, somando 54,932 pontos, e avançou à final. Flavinha também conseguiu pela primeira vez ir a uma decisão da trave em Mundial, ficando na quinta posição, com 13,700 pontos depois de ter sua nota aumentada em 0,3 com um protesto do Brasil. A terceira final de Flavinha vai ser no solo.

Durante a transmissão do SporTV, Daiane dos Santos e Diego Hypolito comentaram o evento e se emocionaram com a saída da equipe da competição. Visivelmente abalados, os ex-atletas disseram que seria um dia difícil de entender e assimilar.

“Estou muito triste pelas meninas. Isso acarreta que uma só vá para os Jogos Olímpicos. Numa ginástica que teria nível, com a Rebeca Andrade e todas as meninas, de disputar um bronze. Para mim é um luto. Um dia de luto e tristeza. Realmente estou muito chocado de isso ter acontecido”, disse Diego.

“Tenho certeza que as meninas e os treinadores deram o máximo. Não é fácil estar nessa posição. Não é só elas, é a história. Toda uma geração que desde 2004 vai aos Jogos Olímpicos com uma equipe completa. O principal objetivo era esse. Ter uma, duas, é doloroso... As meninas tentaram dar o máximo, mas aconteceu um resultado que a gente nunca esperava. A gente já tinha o Brasil como dentro”, completou Daiane. 

Por fim, eles fizeram questão de enaltecer a participação de Flavinha, que conseguiu carimbar o passaporte para a Terra do Sol Nascente.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!