Sportbuzz
Olimpíadas / OLIMPÍADAS - ATLETISMO!

Olimpíadas: Brasil não avança para finais do salto em altura no atletismo

Brasil, que tinha Thiago Moura e Fernando Ferreira no salto em altura, não avançou nas Olimpíadas

Redação Publicado em 29/07/2021, às 21h06 - Atualizado às 22h44

Brasil não avançou na final do salto em altura nas Olimpíadas de Tóquio - GettyImages
Brasil não avançou na final do salto em altura nas Olimpíadas de Tóquio - GettyImages

Nesta quinta-feira, 29, o atletismo fez sua estreia nas Olimpíadas de Tóquio e alguns brasileiros estiveram em cena neste início de competição. Foi o caso de Fernando Ferreira e também de Thiago Moura no salto em altura. Os dois brasileiros tiveram dificuldades neste início de competição e não conseguiram se garantir na final.

Quem começou saltando foi Fernando Ferreira pelo Grupo B, o atleta começou superando a margem de 2,17m e seguiu para a final do salto em distância. Thiago pelo Grupo A também fez sua parte e avançou dos 2,17m. Os dois passaram com tranquilidade desta parte da competição, mas para ir à final era necessário passar pela meta de 2,30m. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

Com o passar do tempo, Thiago Moura e Fernando Ferreira acabaram encontrando muita dificuldade para passar pelo 2,21. A dupla brasileira gastou as três tentativas que tinha, porém conseguiu chegar passar pelo objetivo e continuaram na competição para tentar a classificação para a final. 

O próximo objetivo foi o 2,25m. Fernando Ferreira tentou as três vezes e não conseguiu avaçar no salto em distância. Enquanto isso, Thiago Moura também buscou passar por essa meta, mas também repetiu o feito do colega brasileiro e foi outro a ser eliminado no salto em altura masculino. 

ALTOBELI TAMBÉM DECEPCIONOU!

Nesta quinta-feira, 29, Altobeli da Silva não confirmou uma vaga na final dos 3000m com obstáculos. O corredor até tentou colocar o Brasil na disputa pela medalha, mas ficou apenas na nona colocação numa bateria que contava com adversários fortes da Finlândia e também do Marrocos. 

Com tempo muito abaixo, Atobeli da Silva não avançou para as finais dos 3000m com obstáculos. O corredor era considerado uma das grandes esperanças do Brasil a conquistar uma medalha no atletismo nas Olimpíadas de Tóquio. 

Na bateria, quem se classificou foi: Souffiane El Bakkali, do Marrocos, que terminou em primeiro; Topi Raitanen, da Finlândia, em segundo; e Alexis Phelut, da França, em terceiro.

Altobeli precisava conquistar, pelo menos, a terceira colocação para avançar à final dos 3000m com obstáculos, mas não conseguiu alcançar essa possibilidade. Existia também a chance de classificação por meio do tempo feito por ele na bateria, mas o toque errado durante a sua corrida acabou o atrapalhando nas Olimpíadas de Tóquio.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!