Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / BOXE

Whindersson Nunes comenta luta contra Popó: “Sou competitivo”

Em biografia, humorista Whindersson Nunes fala sobre luta contra Acelino Popó Freitas e cita competitividade e paixão pelo boxe; embate será no fim de janeiro

Redação Publicado em 13/01/2022, às 08h44

Whindersson Nunes comenta luta contra Popó: “Sou competitivo” - Reprodução/ Instagram
Whindersson Nunes comenta luta contra Popó: “Sou competitivo” - Reprodução/ Instagram

O humorista Whindorsson Nunes explicou a decisão de enfrentar Acelino Popó Freitas, em luta de boxe marcada para o dia 30 de janeiro, em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Em trechos de seu livro “Vivendo Como Um Guerreiro”, publicado em novembro do ano passado, o comediante falou de sua relação com o esporte e como se sente desafiado.

“Dizem que o boxe é a arte que mais desafia o cérebro. Porque você tem que lidar com respostas muito rápidas. Em um piscar de olhos, você tem que saber o que fazer. Se deixa o rosto ou não. Se bate ou se defende. Se vai para cima ou se recua um pouco. Como na vida. Como nos sonhos que cimentam os meus caminhos. É como na comédia, é de rapidez que preciso. É isso”, disse o humorista de 27 anos, citado pelo site “GE”.

Canal - SportBuzz

“Eu escolho as minhas maluquices. (...) Como meu intuito é sempre me comunicar, essa é uma ótima forma de me comunicar com o mundo da luta. Eles também têm depressão, têm medo, têm fome”, declarou em outro trecho.

Para falar da escolha de encarar Popó, Whindersson falou de sua competitividade. O combate será realizado no dia 30 de janeiro, em Balneário Camboriú. A luta vai compor o card do evento que conta ainda com o duelo entre o ex-BBB Yuri Fernandes e o medalhista olímpico Esquiva Falcão, além de Rogério Minotouro x Leonardo Guimarães.

Whindersson Nunes comenta luta contra Popó (Crédito: Instagram)

 

“Resolvi lutar com um tetracampeão mundial em duas categorias diferentes de boxe, o Popó. Eu sou competitivo, sou competitivo comigo mesmo. (...) Minha competição é sempre comigo mesmo. Se precisar lutar, eu luto”, revelou o comediante.

“Meu pai e tantos pais e filhos ficavam até 4h da manhã para ver o Popó. E, aos poucos, fui entendendo o mito que era Popó”, acrescentou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Whindersson Nunes (@whinderssonnunes)

 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!