Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / UFC

UFC: Após finalizar Amanda Nunes, Julianna Peña oferece revanche

Campeã do peso-galo do UFC ao finalizar Amanda Nunes, Julianna Peña diz que ‘está livre’ para a brasileira ter sua revanche imediata; “Leoa” dominava a categoria desde 2016

Redação Publicado em 13/12/2021, às 14h27

UFC: Após finalizar Amanda Nunes, Julianna Peña oferece revanche - GettyImages
UFC: Após finalizar Amanda Nunes, Julianna Peña oferece revanche - GettyImages

Campeã do peso-galo no UFC 269, Julianna Peña ofereceu uma revanche imediata a Amanda Nunes, que perdeu a defesa do cinturão no último sábado, 11, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Em entrevista coletiva após a conquista, a americana afirmou que enfrentaria a brasileira já no mês que vem, em janeiro. O título pertencia à “Leoa” desde julho de 2016.

Podemos fazer a revanche a seguir. Estou livre no mês que vem ou daqui a dois meses. Sempre que o UFC quiser, estarei pronta. Se a Amanda quiser a revanche, podemos fazer”, disse Peña, que faturou o cinturão 12 anos após sua estreia no MMA.

Canal SportBuzz:

“A Amanda vem sendo uma grande campeã, ela tem feito muito pelo esporte, então, para mim, derrotar indiscutivelmente a melhor de todos os tempos é algo que ainda está caindo a ficha”, disse a americana em outro trecho.

A “Venezuelan Vixen” levou 3m26s para finalizar Amanda Nunes, que dominava a categoria superando Ronda Rousey, Miesha Tate, Holly Holm e Cris Cyborg e vinha de uma invencibilidade de 12 duelos. Julianna Peña venceu o co-evento principal do UFC 269, que teve Charles do Bronx vencedor na defesa do cinturão contra Dustin Poirier na luta principal.

UFC: Após finalizar Amanda Nunes, Julianna Peña oferece revanche (Crédito: GettyImages)

 

Charles 'Do Bronx' finaliza Dustin Poirier

Na madrugada de sábado para este domingo, 12, o Charles 'Do Bronx' venceu Dustin Poirier e manteve o cinturão dos pesos-leves. A vitória veio no terceiro round, em 1m02s, com uma finalização espetacular. Com o resultado, o brasileiro chegou à marca de 15 vitórias por submissão em sua carreira no UFC e chegou a 10 vitórias seguidas.

“Eu sou o campeão mundial. Eles falam, falam e falam, mas eu venho aqui e faço”, falou Charles após vencer sua primeira defesa pelo cinturão dos pesos-leves UFC.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!