Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira

UFC: Após acusação de Adesanya, Jon Jones admite ter se escondido de fiscais antidoping

Americano revela ter fumado maconha e admite ter fugido de fiscais para não ser testado antes de luta

Redação Publicado em 09/10/2020, às 15h22

Após acusação de Adesanya, Jon Jones admite ter se escondido de fiscais antidoping
Após acusação de Adesanya, Jon Jones admite ter se escondido de fiscais antidoping - GettyImages

Em uma discussão na internet com Israel Adesanya, o americano Jon Jones confirmou uma acusação do nigeriano. O ex-campeão dos pesos-meio-pesados do UFC admitiu ter se escondido debaixo do cage de sua academia para fugir de fiscais antidoping por temer um resultado positivo no exame de controle pelo uso de maconha.

No entanto, a declaração de Jones não revela quando ocorreu o episódio, mas uma reportagem antiga do site "Deadspin" divulgou que o americano teria se escondido antes de sua luta contra Daniel Cormier, em 2015, pelo UFC 182.

A troca de farpas começou com uma provocação de Adesanya, atual campeão peso-médio do UFC. O nigeriano contou um fato curioso sobre sua carreira, e em seguida cutucou o americano.

“Fatos divertidos! Eu tirei um cochilo debaixo do cage em 2010, porque não queria gastar gasolina indo para casa. Por isso fiquei direto na academia para o treino da noite. Jonathan se escondeu debaixo do cage para fugir da USADA em um teste antidoping surpresa. Esses são os fatos. Vocês devem ter se esquecido”, escreveu Adesanya.

Jon Jones respondeu, cutucando Adesanya de volta. Na resposta, ele contestou que os fiscais não eram da USADA (agência norte-americana antidoping), e sim da Comissão Atlética de Nevada. O americano deu a sua versão da revelação do nigeriano.

“Eu estava me escondendo da Comissão Atlética de Nevada, não da USADA. Isso aconteceu anos atrás. Eu tinha acabado de fumar um baseado e tive medo de ser flagrado no exame por causa da maconha. Essa é a pura verdade. Agora todo mundo conhece todo mundo”, rebateu.

Em 2014, Jon Jones teve teste positivo para benzoilecgonina, principal componente da droga, em um exame de antidoping surpresa. O americano não foi suspenso, já que à época a substância não era proibida.

Dois anos depois, em junho de 2016, Jones foi punido por uno pelo uso de anabolizantes. Ele retornou ao UFC justamente na luta contra Daniel Cormier, no UFC 214, quando venceu por nocaute no terceiro round. Em 2017, foi pego novamente no exame antidoping pela ingestão da substância turinabol.

Os rumores de que Jon Jones teria se escondido foram usados como evidência circunstancial de que ele usava drogas ilegais para melhorar a performance. Uma semana após o duelo contra Cormier no UFC 182, o americano foi flagrado com metabólitos de cocaína em um exame antidoping. Na ocasião, ele entrou em um programa de reabilitação, mas abandonou no dia seguinte.


5 itens essenciais para quem pratica esportes de luta

1- Kit Training - https://amzn.to/2qKYtVH

2- Kimono Jiu Jitsu Unissex - https://amzn.to/2NjtZlo

3- Saco de Pancada Profissional - https://amzn.to/2oiEMDP

4- Kit Boxe Muay Thai - https://amzn.to/2MPVl3z

5- Aparador de soco - https://amzn.to/2pdn05j

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!