Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » Copa do Brasil

Thiago Neves critica Ceni após eliminação do Cruzeiro: "Nem sequer treinamos com essa formação"

Irritado, o meio-campista não concordou com as atitude do novo técnico

SportBuzz Digital Publicado em 05/09/2019, às 09h18

Thiago Neves
Thiago Neves - GettyImages

Na última quarta-feira, 4, duas partidas ficaram responsáveis por definir a grande final da Copa do Brasil 2019. Além do Athlético Paranaense, que conseguiu um resultado histórico contra o Grêmio, levando a partida para os pênaltis e vencendo por 5x4, o Internacional apresentou uma atuação impecável contra o Cruzeiro e garantiu a vitória por 3x0, carimbando assim o passaporte para mais uma decisão.

Ao fim da partida, Thiago Neves, uma das principais estrelas do clube mineiro, deu uma entrevista bem polêmica para a Rádio Itatiaia. Questionado sobre a derrota, o meio-campista criticou uma série de mudanças feitas pelo novo técnico Rogério Ceni, que teria avisado o elenco sobre algumas mudanças cerca de três horas antes do jogo.

“Hoje era um jogo diferente, e nós tivemos que adaptar a um novo esquema. Na minha opinião, você querer mudar dois, três jogadores fora de casa é muita coisa, ainda mais de um time que vem formado. E o pior de tudo é avisar isso na preleção, nem sequer treinamos com essa formação, são erros que não podemos cometer em partidas como essa”, declarou Thiago.

Para ele, foi uma mudança equivocada que, consequentemente, influenciou no resultado final do jogo. Além disso, o agravante foi a forma com que tudo aconteceu. Segundo Thiago, este tipo de mudança deve ser trabalhada cuidadosamente com todos os jogadores para que se sintam preparados para desempenhar a função disposta pelo treinador.

“Foi na preleção (que ficamos sabendo). Na nossa reunião, sei lá, duas, três horas antes do jogo e, na minha opinião, achei muito em cima da hora. Você mudar três, quatro jogadores numa linha que já vinha formada há dois anos. Nada contra, mas isso tem que ser treinado, não podemos fazer apostas na partida mais importante da temporada. Os jogadores que foram improvisados não treinaram na posição”, finalizou o meia.

Após a polêmica causada com a entrevista do craque, Rogério Ceni também participou de uma coletiva, porém, fugiu do assunto. Incomodado com a derrota, o então treinador da Raposa revelou que ficou bem chateado com a eliminação.

“Um dos motivos de eu vir para o Cruzeiro foi possibilidade de conquistar um título. Ninguém gostaria mais de ganhar esse titulo do que eu. É uma tristeza muito grande”, disse o comandante.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!