Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Sylvinho questiona jogada que originou o gol de empate do Atlético-GO contra o Corinthians: "Como é que não tem interferência?"

Corinthians ia vencendo o Atlético-GO por 1 a 0 até sair o gol de empate, que foi incorreto na visão de Sylvinho

Redação Publicado em 13/09/2021, às 07h33

Sylvinho, treinador do Corinthians na área técnica da partida contra o Atlético-GO - GettyImages
Sylvinho, treinador do Corinthians na área técnica da partida contra o Atlético-GO - GettyImages

Nos últimos minutos, quando ia conquistando mais três pontos e chegando na briga pela Libertadores, o Corinthians sofreu o empate do Atlético-GO, e teve que se contentar com o resultado. Menos para Sylvinho, que questionou a decisão da arbitragem em validar o gol.

Foi o gol marcado por Roberto que despertou a reclamação Alvinegra, inclusive de Sylvinho no momento do lance. Acontece que já aos 43, Natanael bateu a falta e encontrou o companheiro no segundo pau, levando vantagem sobre Roger Guedes, para marcar o gol.

No entanto, a polêmica, e origem de reclamação Alvinegra veio porque Montenegro estava em posição de impedimento, e subiu para cabecear, participando da jogada. Porém, na visão do árbitro, que foi analisar o VAR, não houve interferência desse jogador no lance.

Foi por conta dessa decisão que os jogadores e a comissão técnica Alvinegra ficaram contrariados, pedindo que o gol fosse anulado. 

"Eu tenho uma opinião, obviamente que eu vou externar minha opinião, tem uma interferência, respeito todas as opiniões, é a minha, tem uma interferência, uma bola que viaja a tantos quilômetros por hora, um metro e meio sobe um atleta na sua frente, como é que não tem interferência? Eu vejo assim, sabendo que as coisas são muito velozes, milésimos de segundo dentro de um jogo e evidentemente que ele tira a sua reação, a partir daí, cada um toma a decisão que precisa ser tomada, não gosto muito de falar dessa parte, mas foi perguntado e obviamente vou me posicionar com a minha opinião", disse Sylvinho em entrevista coletiva depois do jogo.

Sylvinho ainda analisou a atuação da equipe do Corinthians, que não foi bem na primeira etapa, mas conseguiu chegar melhor na segunda. O time acabou tendo dificuldades para jogar verticalmente e chegar ao campo de ataque no primeiro tempo.

Na visão do treinador, além da dificuldade imposta pelo próprio jogo, houve também a questão do calor na cidade de Goiânia, e do desgaste dos atletas em uma partida em que a parte física foi muito mais exigida do que normalmente.

"Em relação ao primeiro tempo, essa correção foi feita (dificuldade de chegar ao ataque), mesmo com as mesmas peças, muitas vezes não há necessidade da troca. Tem que ser bem avaliado, nós estávamos com muita pressa de definir, quando nós passávamos do campo adversário, nós estávamos apressando a jogada. E quando há pressa, ou você termina bem, que a chance não é tão grande, ou você perde uma quantidade grande de bolas, aí o adversário volta para o seu campo, então foi um ajuste de comportamento e de poder determinar essa jogada é melhor", analisou o comandante antes de completar.

"É bem quente aqui, um campo difícil, um jogo muito físico, nós sabíamos de tudo isso, então tem que saber rodar a bola, jogar no campo adversário e o segundo tempo foi feito dessa maneira, óbvio que quando o adversário faz as suas mudanças, coloca dois atacantes, abre mais homens para frente, você tenta controlar mais o jogo e buscar um contra-ataque. Nós tivemos mais uma vez dificuldade em puxar esses contra-ataques e terminar no campo adversário, mas foram os últimos dez, 15 minutos, que tivemos um pouco mais de dificuldade, entrega dos atletas, calor grande, uma luta que o jogo exigia", concluiu.

Com uma nova ideia em mente, o Corinthians volta a treinar na manhã desta segunda-feira, 13, no CT Joaquim Grava, se preparando para o duelo com o América-MG, que acontece no próximo domingo, 19, às 18h15 (horário de Brasília), na Neo Química Arena, pela 21ª rodada do Brasileirão.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!