Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / "CUCA NÃO"

Sem técnico, torcida do Athletico-PR faz campanha contra Cuca

Após a saída de Paulo Turra, alguns nomes de treinadores foram especulados no Athletico-PR, mas a torcida já demonstrou sua desaprovação por Cuca

Sem técnico, torcida do Athletico-PR faz campanha contra Cuca - Getty Images
Sem técnico, torcida do Athletico-PR faz campanha contra Cuca - Getty Images

Desde a saída de Paulo Turra, o Athletico-PR segue na busca de um treinador para assumir a equipe e dar sequência na temporada. Com isso, muitos nomes começaram a ser especulados, sendo Cuca um dos cotados para o cargo. No entanto, após a sua polêmica e rápida passagem pelo Corinthians, a torcida do Furacão fez campanha nas redes sociais contra a contratação do técnico.

Em abril deste ano, Cuca foi anunciado como treinador do Corinthians, logo após a saída de Fernando Lázaro, mas não foi bem aceito pelos torcedores do clube. Por conta do seu envolvimento em um caso criminoso não resolvido, em 1987, a Fiel não aprovou a contratação e pediu a saída do técnico desde sua apresentação.

Assim, com apenas dois jogos no comando do Timão, uma derrota para o Goiás, pelo Brasileirão, e uma vitória contra o Remo, que garantiu a classificação da equipe na Copa do Brasil, Cuca anunciou sua demissão. Mesmo com o apoio da diretoria na época, o treinador optou pela saída naquele momento.

Sendo assim, a grande maioria da torcida parece pouco receptiva à Cuca por todos esses desdobramentos. Nas redes sociais, a #CUCANÃO figurou entre os assuntos mais comentados do dia. Porém, o gaúcho não deve aceitar o cargo, caso tenha uma proposta, se levar em consideração a “promessa” que fez em sua despedida no Corinthians, logo após a vitória contra o Remo.

Paulo Turra em partida do Athletico-PR, pela Libertadores (Crédito: Getty Images)
Paulo Turra em partida do Athletico-PR, pela Libertadores (Crédito: Getty Images)

“Só volto a trabalhar depois de resolvido meu caso. Estou muito empenhado nisso”, disse Cuca, em entrevista coletiva. Até o momento, poucas resoluções foram tomadas sobre a situação do treinador. Assim, é compreensível que o comandante não aceite nenhum convite profissional no momento, levando em consideração a questão levantada anteriormente.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!