Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

São Paulo: Calleri derruba celular de garoto da base do Palmeiras

São Paulo tinha acabado de ser derrotado pelo Palmeiras no Campeonato Paulista quando Calleri estava saindo do estádio e encontrou o garoto no trajeto

Redação Publicado em 04/04/2022, às 07h30

São Paulo tem atitude de Calleri após derrota - Rubens Chiri/SaoPauloFC/Flickr
São Paulo tem atitude de Calleri após derrota - Rubens Chiri/SaoPauloFC/Flickr

O São Paulo acabou sendo derrotado pelo Palmeiras neste domingo, 3, na final do Campeonato Paulista. Tendo construído uma boa vantagem no jogo de ida, a equipe Tricolor não conseguiu segurar o resultado e foi goleada por 4 a 0 fora de casa. Com a indignação da eliminação da forma como aconteceu, os jogadores ficaram bem irritados.

Um exemplo disso foi o atacante Jonathan Calleri, que se irritou enquanto ia em direção ao ônibus do São Paulo e deu um tapa no celular de um garoto que o gravava. A cena fica mais impressionante pelo fato de o menino ser um jogador das categorias de base do Palmeiras e estar até mesmo utilizando a camisa da equipe Alviverde. Veja abaixo:

Canal - SportBuzz

Nas imagens é possível ver que com o tapa do jogador, o aparelho caiu no chão. Calleri ainda falou algumas palavras para o palmeirense, mas não foi possível identificá-las pelo vídeo que circula nas redes sociais. A cena foi registrada pelos torcedores que estavam acompanhando a saída dos times do Allianz Parque, palco da partida.

Algumas horas depois do acontecido, a esposa de Deyverson, atacante do Palmeiras, publicou um vídeo com a filmagem feita pelo próprio garoto no momento em que leva o tapa. Nessas imagens é possível perceber que outro jogador do São Paulo, o atacante Marquinhos, pega o celular do chão para devolver ao torcedor palmeirense.

São Paulo e Palmeiras em campo pelo Paulistão
São Paulo e Palmeiras em campo pelo Paulistão (Crédito: Rubens Chiri/SaoPauloFC/Flickr)

 

Apesar da irritação do jogador do São Paulo, as imagens mostravam quem o clima estava bem tranquilo no momento da saída da delegação Tricolor do Allianz Parque. Jogador da base do Palmeiras, o garoto em questão foi representado pela empresta que cuida da sua carreira, e emitiu um comunicado oficial no final da noite.

"A F3 Sports vem a público repudiar e criticar a atitude do atacante do São Paulo, Jonathan Calleri. Em vídeo circulado nas redes sociais, o nosso atleta Felipe Goto, da categoria Sub-15 do Palmeiras, vê o seu celular sendo arremessado pelo atacante são-paulino no chão, causando danos ao aparelho e indo contra tudo aquilo que o futebol preza", iniciou.

"A F3 é veementemente contra qualquer ato de violência, e prezamos sempre pelo respeito ao próximo, o que não vimos hoje. Que o futebol seja um ambiente de alegria, e um espaço onde as pessoas saibam ganhar, e também perder", finalizou a empresa que cuida da carreira do jogador da base do Palmeiras envolvido na situação com Calleri.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!