Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » FOCO!

Sangue no olho, Otero? Meia do Corinthians manda recado para torcida antes de clássico contra o São Paulo

Jogador deu detalhes de como está sendo a preparação da equipe para o majestoso de domingo, 13

Redação Publicado em 11/12/2020, às 18h38 - Atualizado às 19h35

Otero em entrevista coletiva
Otero em entrevista coletiva - Dugout/Corinthians TV

Neste domingo, 13, o Corinthiansentra em campo para defender um tabu de seis anos contra o São Paulo. A equipe alvinegra nunca perdeu para os rivais paulistas na Neo Química Arena e se depender de Otero, essa marca positiva para o Timão no clássico deve continuar.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 11, o venezuelano falou sobre o clássico e o que o torcedor alvinegro pode esperar do time. De acordo com o camisa 11, os jogadores vão "dar o sangue" pela vitória e farão de tudo para manter o tabu contra o Tricolor. 

 

"Estamos em casa, entrar em campo para ganhar, fazer acontecer. Não estamos olhando se é primeiro ou último colocado. Clássico normal. Vamos entrar com sangue no olho porque temos que ganhar esse jogo. Estamos em casa. Fazer isso acontecer. Vai dar alegria à torcida e isso é muito importante. É um clássico. Margem de erro cobra caro", disse.   

Ele ainda seguiu: "A gente vai fazer nosso jogo, time deles é muito bom, temos que estudar isso. Cuidar bastante disso. Defesa. Entrar em campo do mesmo jeito, pressionar, roubar a bola, fazer gol. Não vamos mudar nada do que estamos fazendo. Tentar fazer nosso jogo. Atacar. Controlar o jogo os 90 minutos".

Otero também fez uma reflexão sobre sua temporada e se mostrou insatisfeito com suas recentes atuações. O meia demonstrou estar ciente do que é preciso fazer para melhorar o rendimento nas partidas e revelou que se cobra muito para melhorar. 

 "Eu me cobro bastante, tenho muito tempo sem fazer gols. Tento treinar ao máximo todos os dias, cobrança interna. Fiquei muitos jogos fora pela seleção, suspensão. Agora não tem mais jogo da seleção e espero pegar meu ritmo de novo. Ainda não acabou o ano. Espero ajudar o time, que é o mais importante. Não acho que está sendo uma temporada muito boa. Eu me cobro e acho que isso é o que vai fazer melhorar", concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!