Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

R$ 1 bilhão? Mecenas do Atlético-MG diz que dívida bilionária estava nos planos

Galo fez diversos investimentos para a temporada e vai precisar lucrar para fugir dos débitos

Redação Publicado em 31/03/2021, às 13h44 - Atualizado às 14h43

Atlético Mineiro luta contra uma dívida bilionária
Atlético Mineiro luta contra uma dívida bilionária - GettyImages

O Atlético Mineiro ainda não anunciou qual é o tamanho de sua dívida nesse início de 2021, mas as informações apontam para um saldo devedor de R$ 1 bilhão do clube. Mesmo com esses altos valores, Rubens Menin, um dos principais investidores do Galo, não demonstra grande preocupação com a quantia. 

Em entrevista ao "Globo Esporte", ele comentou em relação a todos esses problemas financeiros e contou que esperava o aumento no endividamento da equipe alvinegra. De acordo com Menin, essa alta estava prevista e clube procura por mais parceiros para gerar lucro e pagar as dívidas que estão ativas. 

"Pelo contrário. Isso aí (aumento da dívida) foi planejado (no sentido de que já sabia que ocorreria). Primeiro, me surpreendeu ter vazado um documento que não está pronto. Eu não vi ainda o balanço do Atlético como conselheiro. O balanço não foi auditado e não terminou. Então, achei gozado alguém de dentro ter vazado para fora um documento que não foi terminado", explicou. 

"Agora, olha que interessante: quando a gente está fazendo esses empréstimos pro Atlético comprar jogadores, a gente sabia que esse endividamento ia aumentar. Não tem jeito, isso é claro. Se a gente está emprestando, se nós, que somos investidores, estamos emprestando dinheiro pro Atlético comprar, ele teria que aumentar endividamento", continuou. 

Rubens Menin ainda seguiu dizendo que o Atlético tem muito a oferecer e que seu patrimônio é grande. Dessa maneira, sem citar nomes, comparou com outros clubes: "O Atlético, hoje, tem um patrimônio positivo. Uma coisa é você ter alguns times de futebol que devem R$ 1 bilhão, mas não têm nada do outro lado".

Além disso, o mecenas do Galo também explicou outras formas que o clube terá para readquirir grandes valores aos cofres. Focando no investimento de novos parceiros e também com vendas de atletas, Menin vê saída para esse endividamento bilionário do Atlético Mineiro. 

"Isso foi planejado pra ter um time competitivo, e, com isso, poder ganhar títulos, que é o que a gente quer. Só que essa dívida só vai ser paga se os jogadores forem vendidos, sem prazo e sem juros. Então, é um endividamento benéfico para o clube. E mais. É importante destacar por que estão distorcendo os fatos. O Atlético tem disciplina financeira. Nós cortamos de custos do Atlético R$ 120 milhões em relação ao passado. Esse time de futebol que está aí, supercompetitivo, é mais barato que a média do futebol nos últimos anos. Então, o clube tem disciplina. Não tem jogadores que ganharam muito dinheiro, não vou citar nomes, mas não entregavam nada. Hoje, quem está lá, está entregando dentro de uma condição razoável. São jogadores que valem muito dinheiro", afirmou. 

"Nós temos vários jogadores lá que podem ser vendidos a qualquer momento, que são do Atlético, que valem 10 milhões de euros, 15 milhões de euros. Cada jogador desse vale muito dinheiro. O Atlético tem um plantel altamente qualificado", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!