Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

De maneira curiosa, Romário sai em defesa de Gabigol na Seleção Brasileira

Um dos maiores ídolos da Seleção Brasileira, Romário comentou sobre Gabigol como titular

Redação Publicado em 11/10/2021, às 18h23 - Atualizado às 18h40

Romário defendeu Gabigol na Seleção Brasileira - GettyImages
Romário defendeu Gabigol na Seleção Brasileira - GettyImages

Romário é conhecido por ter sido um dos principais responsáveis pelo tetracampeonato mundial da Seleção Brasileira em 1994 e por ter sido um dos maiores atacantes da história do futebol. Ou seja, de grande área e gols o baixinho entende e quando o assunto é sobre o atual momento do Brasil e também quem deve ser o titular ao lado de Neymar, o ex-jogador vota em Gabigol

Em entrevista para o podcast "Cara a tapa", Romário defendeu o goleador do Flamengo de uma maneira curiosa. O campeão mundial pela Seleção Brasileira contou que Gabigol perde muitas oportunidades, mas pelo o que apresenta com a camisa do time rubro-negro no Brasil, é necessário que ele seja titular ao lado de Neymar. 

"Nesse momento o Gabigol, porque é um cara que está fazendo gol, é fazedor de gol, é destemido. Perde gol pra ca***? Perde, mas é um dos grandes artilheiros do futebol mundial. É brasileiro e nós temos que aproveitar essa oportunidade", afirmou Romário. O ex-jogador da Seleção Brasileira ainda contou o motivo de preferir o craque do Flamengo ao invés de Gabriel Jesus. 

"O Gabriel Jesus também faz a diferença? Faz. Mas nesse momento eu fico com o ataque Gabigol e Neymar", comentou. Romário ainda seguiu justificando o motivo de acreditar no atacante do Flamengo como titular da Seleção Brasileira e destacou a personalidade do atleta: "Hoje em dia ninguém faz po*** nenhuma. Ele chama o jogo".

Além de comentar sobre Gabigol, Gabriel Jesus e Neymar, Romário analisou o atual futebol mundial e mais uma vez surpreendeu. De acordo com o ex-jogador, o esporte piorou em qualidade técnica desde 2002, mesmo tendo nomes como Messi e Cristiano Ronaldo nos últimos anos. 

"Tecnicamente acredito que, talvez, até a geração de 2002, que foi campeã, o futebol tinha um nível melhor. Caiu sim. Posso afirmar que no futebol brasileiro (caiu) muito, e lá fora, apesar de Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, Mbappé, Pogba, Lewa, todos esses, tecnicamente acredito que seja um futebol de menos qualidade. O futebol hoje é inferior à geração 2002", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!