Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » WOLVERHAPTON WANDERERS

Raúl Jiménez, do Wolves, pode não voltar a jogar após fratura no crânio

O atacante mexicano precisou ser levado ao hospital com urgência após dividida com David Luiz, do Arsenal

Redação Publicado em 01/12/2020, às 12h40

Choque entre Raúl Jiménez e David Luiz deixou o jogador mexicano desacordado
Choque entre Raúl Jiménez e David Luiz deixou o jogador mexicano desacordado - Getty Images

Neste domingo, 29, o Arsenal recebeu o Wolverhamptonno Estádio Emirates pela décima rodada da Premier League. Entretanto, mesmo com a vitória da equipe visitante, uma situação chamou a atenção e assustou os jogadores e torcedores logo no início da partida.

Aos dez minutos de jogo, David Luiz, do Arsenal, e Raúl Jiménez, do Wolves, se chocaram e o mexicano caiu em campo desacordado. O atacante precisou de mais de 10 minutos de atendimento, foi imobilizado, saiu de maca dos gramados foi levado com urgência para um hospital de Londres.

O Wolverhamptondivulgou um comunicado informando sobre o estado de saúde de Raúl Jiménez, que recobrou a consciência no hospital e respondeu bem aos tratamentos.

Raul está confortável após uma operação na noite passada, que ele foi submetido a um hospital de Londres. Ele tem nosso amor e apoio ao iniciar um período de recuperação. Estamos todos com você. Raul está confortável após uma operação na noite passada, que ele foi submetido a um hospital em Londres. Ele tem nosso amor e apoio ao iniciar um período de recuperação. Estamos todos com você”, informou o clube.

Entretanto, de acordo com o jornal inglês The Sun, Raúl Jiménez corre o risco de não entrar mais em campo profissionalmente. A publicação relembrou o caso ocorrido com o meio-campista Ryan Mason, que sofreu a mesma lesão durante uma partida entre Hull City e Chelsea em 2017. O atleta britânico foi operado, mas precisou encerrar sua carreira aos 26 anos.

Getty Images
Choque entre Gary Cahill e Ryan Mason em 2017 | Getty Images

Na época, Ryan Mason vestia a camisa do Hull City e precisou colocar 14 placas de metal e 28 parafusos no crânio após traumatismo causado pelo choque com Gary Cahill, do Chelsea.

Raúl Jiménez aproveitou suas redes sociais para tranquilizar os torcedores e agradecer as mensagens de boa recuperação.

Obrigado por suas mensagens de apoio. Estarei em observação e espero voltar a jogar em breve”, publicou o jogador.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!