Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / COPA DO MUNDO!

Quem é Ángel Di María, o herói da Argentina na Copa do Mundo

Surpresa na escalação para a final, Ángel Di María viveu enorme drama durante toda a Copa do Mundo, mas voltou para a decisão e fez história

Redação Publicado em 18/12/2022, às 12h58

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Di María voltou a ser decisivo na história da Argentina - GettyImages
Di María voltou a ser decisivo na história da Argentina - GettyImages

Da depressão após a final de 2014 à glória máxima em uma Copa do Mundo. Ángel Di María é o jogador mais decisivo em finais no futebol mundial. Depois de sofrer com dores no quadríceps durante todo o torneio, o meia-atacante retornou apenas na decisão, sofreu pênalti e ainda marcou um dos gols da Argentina. Conheça a história do herói improvável!

Nascido no dia 14 de fevereiro de 1988, Ángel Fabián Di María Hernández é um experiente jogador argentino com passagens por gigantes da Europa. O meia-atacante iniciou sua carreira no Rosário Central, da Argentina, em 2001, e teve grande desempenho no Mundial Sub-20 de 2007 com a seleção de seu país. Assim, Di María chamou atenção dos clubes da Europa.

Natural de Rosário, na Argentina, o atleta logo foi contratado pelo Benfica, de Portugal, após se destacar no time que o revelou. A chegada ao país aconteceu em 2007 e o jogador permaneceu por lá até 2010. Os primeiros títulos da carreira do atleta aconteceram no clube. No ano de 2008 e 2009, foi bicampeão da Taça da Liga de Portugal e venceu o campeonato local.

O maior salto da carreira de Di María aconteceu em 2010. O Real Madrid se interessou pelo futebol do argentino e investiu alto para contar com o jogador. A coleção de troféus do meia aumentou consideravelmente após sua chegada ao clube espanhol. Ao todo, venceu seis campeonatos e disputou 190 jogos, com 36 gols marcados. Ángel permaneceu em Madrid até 2014, quando resolveu se arriscar na Premier League.

Di María vibrando com gol pela Argentina
Di María marcou um dos gols da grande final (Crédito: GettyImages)

O desafio seguinte da carreira do atleta foi o Manchester United e as expectativas não se concretizaram. Em apenas uma temporada nos Red Devils, Di María participou de 32 partidas, foi às redes em quatro oportunidades e não conquistou nenhum título com o time inglês.

Já no ano de 2015, o Paris Saint-Germain demonstrou estar interessado no talento do meia-atacante e concretizou a negociação. No clube francês, conquistou o maior número de títulos em sua carreira. No total, foram 12 troféus levantados com o PSG. Ao longo das 212 partidas que defendeu a equipe, Di María marcou 79 gols.

Na seleção da Argentina, o jogador tem vasta experiência e é frequentemente convocado para defender seu país. Ángel já disputou quatro Copas do Mundo com a camisa azul e branca e sua estreia aconteceu no ano de 2008, em partida diante do Paraguai. Com 129 jogos disputados, o atleta é a principal esperança dos hermanos depois do craque Lionel Messi.

A vida pessoal de Di María é bastante tranquila. Casado com Jorgelina Cardoso desde 2011, o jogador tem uma filha chamada Mia Di María.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!