Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CASO DE POLÍCIA!

Presidente do PSG e ex-Secretário-Geral da Fifa são indiciados por corrupção em venda de direitos de transmissão

Irregularidades na concessão de diferentes edições da Copa do Mundo e da Copa das Confederações foram encontradas

Raul Vitor Publicado em 20/02/2020, às 08h48 - Atualizado às 09h06

Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain acusado de incitar a conduta de falsificação de documentos
Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain acusado de incitar a conduta de falsificação de documentos - GettyImages

Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain e do grupo de mídia BeIN e Jerôme Valcke, ex-secretário geral da Fifa, foram indiciados pelo Gabinete do Procurador Geral da Suíça (OAG)  por corrupção na concessão de direitos de transmissão, para Itália e Grécia.

As irregularidades aconteceram em diferentes edições da Copa do Mundo e da Copa das Confederações, de 2018 a 2030.

O presidente do PSG é acusado de incitar a conduta de falsificação de documentos, má gestão criminal e aceitação de subornos, enquanto Valcke é acusado pela prática de todos esses crimes. 

Há, também, um terceiro envolvido. Um empresário no setor de direitos esportivos  que teria cometido crimes de corrupção ativa e suborno.

Confira o que diz o comuicado de impresa do Ministério Público da Suíça sobre a acusação:

"Em relação às falsificações nos títulos, a Valcke é acusado de ter ordenado o estabelecimento de balanços da Sportunited Sàrl contrário à realidade para os anos de 2013 e 2014, contabilizando falsamente como empréstimos os três pagamentos mencionados do terceiro réu [empresário],desconfiando ainda mais o MPC. As acusações de suborno ativo e passivo são as seguintes: Entre 2013 e 2015, Valcke usou sua influência como Secretário Geral da FIFA para influenciar o processo de alocação de direitos de mídia para parceiros de mídia de sua preferência, por Itália e Grécia, de diferentes Copas do Mundo da FIFA e Copas das Confederações de 2018 a 2030. O terceiro acusado, em troca, prometeu e fez a favor de Valcke os três pagamentos acima mencionados por um valor total de 1,25 milhão de euros."

A promotoria pública suíça especifica que "a retirada se refere às acusações de corrupção ativa e passiva entre Al-Khelaïfi e Valcke em conexão com a alocação de direitos de mídia para as Copas do Mundo de 2026 e 2030, bem como outros eventos da FIFA em no mesmo período na região do Oriente Médio e Norte da África, em troca da concessão das vantagens mencionadas em relação à vila na Sardenha " mas não " as censuras de corrupção ativa e passiva entre Valcke e o terceiro acusado, que agora é acusado".

O MP suíço recorda que o processo foi aberto em março de 2017, a partir de uma denúncia criminal da Fifa apresentada em dezembro de 2016, por suborno, contra os três envolvidos. 

A audiência final do processo foi realizada em dezembro de 2019, sendo que a promotoria publica suíça anunciou por escrito às partes que concluiria o processo registrando uma acusação formal.

Em janeiro de 2020 a Fifa anunciou ao MP que teria chegado a um acordo amigável com o presidente do PSG e retiraria a denúncia realizada contra ele. 

Conforme as diretrizes da Justiça suíça, caso a reclamação fosse retirada, parte do processo original teria de ser encerrado. No entanto, o MP passou a tratar o caso separadamente a partir de fevereiro deste ano.

Até o momento, nenhum dos acusados se manifestou. 


4 itens incríveis que todo torcedor do Paris Saint-Germain vai desejar ter

1- Camisa PSG  Modelo II - https://amzn.to/2Pa6OfL

2- Funko Pop! Kylian Mbappé - https://amzn.to/2BzUYDt

3- Caderno Uma Matéria Paris Saint-Germain - https://amzn.to/35Zj8FK

4- Bolsa Térmica Paris Saint Germain - https://amzn.to/2ME56l9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!