Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Presidente do Internacional fala em vexame e lamenta eliminação

Internacional foi eliminado da Copa do Brasil depois de perder por 2 a 0 para o Globo, do Rio Grande do Norte, na primeira fase da competição

Redação Publicado em 04/03/2022, às 08h20 - Atualizado às 09h01

Alessandro Barcellos, presidente do Internacional durante entrevista coletiva - Transmissão/Youtube/ TV Colorado
Alessandro Barcellos, presidente do Internacional durante entrevista coletiva - Transmissão/Youtube/ TV Colorado

As coisas no Internacional não ficaram nada boas depois da eliminação da equipe na Copa do Brasil, para o Globo, por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, 3, pela primeira fase da competição nacional. Depois do confronto, o presidente Colorado, Alessandro Barcellos, classificou a derrota como um "vexame" e disse que não descarta fazer algumas demissões.

A ideia do mandatário é ir em busca de soluções que possam reverter o mau momento da equipe neste início de temporada. Isso porque a eliminação precoce na Copa do Brasil frustrou o planejamento que havia sido traçado pelo clube, uma vez que a diretoria previa chegar até pelo menos as quartas de final da competição.

Canal - SportBuzz

Com a saída de uma das competições com melhores premiações do país, o clube gaúcho vai deixar de arrecadar valores importantes, que seriam utilizados para dar uma apaziguada na crise financeira vivida nos últimos meses, ajudar na contratação de reforços, além de perder uma importante visibilidade nacional.

Na entrevista coletiva depois da eliminação, o presidente Colorado iniciou pedindo desculpas ao torcedor pela atuação, classificada por ele como "inadmissível". Ele ainda assumiu a culpa pelo mau momento vivido pela equipe e admitiu que parte do trabalho planejado foi jogado fora junto com a chance de avançar na competição nacional.

Jogadores do Internacional na partida contra o Globo pela Copa do Brasil
Jogadores do Internacional na partida contra o Globo pela Copa do Brasil (Crédito: Ricardo Duarte/Internacional/Flickr)

 

"Quero iniciar essa manifestação pedindo desculpas ao torcedor colorado pelo vexame que tivemos hoje (quinta-feira). É inadmissível que a gente venha para um jogo eliminatório e tenha um desempenho tão abaixo daquilo que trabalhamos. Isso faz com que todos nós, a partir da direção, responsável pela montagem do departamento de futebol, tenha também agora a responsabilidade de buscar soluções", disse o mandatário.

Diante desse cenário de desapontamento, Alessandro Barcellos informou que o Conselho de Gestão do Internacional, que é formado pelo presidente e seus vices, vai realizar uma reunião ainda nesta sexta-feira, 4. Nela, o futuro do técnico Alexander Medina e dos membros do departamento de futebol serão discutidos pelas partes presentes.

"Isso passa por uma avaliação neste início de temporada, que sempre é um momento difícil, de encaixe. Mas com o resultado de hoje, colocando parte de um trabalho praticamente fora, de uma competição tão importante para o clube, nos faz evidentemente sair daqui com essa necessidade. Este é o pensamento de todos ali dentro do vestiário, jogadores, comissão técnica, de que é necessário que a gente busque soluções. E elas precisam ser rápidas", informou o presidente.

A delegação do Internacional seguiu rumo a Porto Alegre ainda durante a madrugada. Eliminado da Copa do Brasil, agora restam para a equipe a disputa do Campeonato Gaúcho, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. Como próximo compromisso, o Colorado volta a campo neste domingo, 6, às 18h15 (horário de Brasília), diante do Aimoré, no estádio Beira-Rio.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!