Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COLETIVA!

Odair Hellmann desabafa sobre críticas recebidas no comando do Fluminense

Treinador ainda analisou a importante vitória diante do Athletico-PR no Brasileirão

Redação Publicado em 06/12/2020, às 13h01 - Atualizado às 13h46

Odair Hellmann completou o 50º jogo no Tricolor
Odair Hellmann completou o 50º jogo no Tricolor - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C / Fotos Públicas

Na noite do último sábado, 05, o Fluminensemanteve a boa fase e bateu o Athletico-PR pelo placar de 3 a 1. Com o resultado, a equipe dormiu dentro do G4 e aguarda os jogos deste domingo para saber sua posição na tabela.

Logo após o jogo, Odair Hellmann concedeu entrevista coletiva e analisou a importante vitória do Tricolor. Além disso, o treinador também avaliou o fator de ter um jogador a mais, já que o Furacão teve o zagueiro Thiago Heleno expulso ainda no primeiro tempo.

“O jogo teve dois momentos distintos, que foi o "11 contra 11" e o depois da expulsão. Mesmo no "11 contra 11" e mesmo saindo atrás do placar, a jogada de perigo talvez tenha sido só o gol. Mesmo no primeiro tempo, nós já tínhamos tido o pênalti para empatar, criado situação até para abrir o placar. E mesmo com a adversidade de não fazer 1 a 1 no pênalti, a equipe teve maturidade, tranquilidade e equilíbrio para continuar jogando e produzir as situações de jogo”, analisou Odair.

Em outro momento da coletiva, Odair desabafou contra as críticas recebidas nas redes sociais. Para ele, o futebol proporciona estas alternâncias de posição e de desempenho ao longo da temporada.

“Até três dias atrás, tinha até faixa para... O que é o futebol brasileiro, né?! Infelizmente a gente sofre esse tipo de situação, mas faz parte e eu, como profissional, tenho que estar preparado para isso, seguir em frente e a cada três dias dar uma resposta. Nós aqui dentro temos que ter uma avaliação tranquila na vitória e na derrota para não perder o equilíbrio”, iniciou.

“Eu sempre soube quais são meus processos, qual é o meu trabalho, e vou seguir em frente. Continuar com as minhas convicções a respeito de futebol, de metodologia, variações táticas, para seguir em frente nesse mercado tão difícil que é o mercado de treinador. Contentar a todos a gente não vai, faz parte o processo de críticas e dúvidas. Seguir em frente firme e forte”, concluiu o comandante.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!