Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » REPRESENTATIVIDADE!

No Dia Nacional do Orgulho Gay, clubes brasileiros se manifestam contra a homofobia: "A favor da diversidade e inclusão"

Equipes ainda lembraram que o Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo

Redação Publicado em 25/03/2021, às 10h52

Bandeiras nas cores LGBT
Bandeiras nas cores LGBT - GettyImages

Nesta quinta-feira, 25, é comemorado o Dia Nacional do Orgulho Gay. Dentre as diversas homenagens, vários clubes brasileiros se manifestaram através das redes sociais, contra a homofobia e apoiando o movimento.

Alguns, como o caso do Flamengo, denunciaram a violência sofrida pela comunidade LGBT, lembrando que o Brasil é o país que mais mata por homofobia no mundo.

"Santos, hora do AMOR! De todos os jeitos, de todas as formas. 25 de março. Dia Nacional do Orgulho Gay", escreveu o Santos.

"O São Paulo Futebol Clube é a favor da diversidade e inclusão", publicou o São Paulo.

Confira todas as postagens:


Neste dia 8 de março, mais conhecido com o Dia Internacional da Mulher, o Fortaleza foi além de homenagear as mulheres presentes na vida do clube e aproveitou o momento para alertar sobre uma pauta importante nos dias de hoje: a agressão contra a mulher.

O Leão realizou uma ação nas redes sociais do clube onde durante uma hora, no "Twitter" e "Instagram", foram postados 30 lances de jogadores sofrendo falta, de dois em dois minutos, com um relógio que sinalizou a minutagem.

Além disso, os comentários da publicação foram silenciados. O clube explicou que essa atitude tem relação com o fato de muitas mulheres se calarem e não realizam a denúncia.

Ao fim da série de postagens, um último post foi feito alertando para a estatística de que, a cada dois minutos, uma mulher é agredida no Brasil.

"Precisamos virar esse jogo, ligando para o 190 e denunciando", afirma o clube.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!