Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » SELEÇÃO OLÍMPICA!

Lyanco analisa primeira derrota do Brasil sob o comando de Jardine: "Serve para aprender e chegar forte no Pré-Olímpico”

Brasil encontrou dificuldades para superar o Japão e saiu derrotado por 3 a 2

Guilherme Assumpção Publicado em 14/10/2019, às 18h11

Matheus Cunha marcou seu primeiro gol sob os olhares dos familiares
Matheus Cunha marcou seu primeiro gol sob os olhares dos familiares - GettyImages

Nesta segunda-feira, 14, a Seleção Olímpica Brasileira foi derrotada pelo Japão em amistoso disputado na Arena Pernambuco, em Recife. O placar de 3 a 2 quebrou uma boa sequência de vitórias do time comandado por André Jardine. O último compromisso tinha sido contra a Venezuela, na última sexta-feira, 11. A partida terminou com vitória brasileira por 4 a 1.

O zagueiro e capitão Lyanco, afirmou, na saída do campo, que apesar do resultado negativo, esses testes são importantes para a evolução do time olímpico e para consertar os erros cometidos visando as Olímpiadas de Tóquio.

“Sabíamos que seria um jogo difícil, fomos campeões em cima deles no torneio de Toulon, mas sabíamos que seria difícil. Vale para teste, para aprender. Amistosos servem para nos preparar. Por mais que não aceitemos a derrota, a gente tem que aprender. Temos que passar por isso para evoluir, ver o que tem que acertar", analisou o ex-zagueiro do São Paulo. Lyanco ainda ressaltou a importância de se manter calmo durante a partida, mesmo com o placar adverso.

“Temos que ter calma. Fizemos 1 a 0 logo no início do jogo, tomamos um gol que é normal, mas a gente tem que ter calma, colocar a bola no chão. Vou deixar isso para o professor. Depois a gente vê os vídeos, o jogo todo. Isso foi para aprender e chegar forte no Pré-Olímpico”, garantiu o zagueiro.

O Brasil saiu na frente do placar após pênalti bem batido por Matheus Cunha, aos 14 minutos do primeiro tempo. Porém, o Japão empatou o jogo aos 27 minutos. Tanaka marcou para os asiáticos e equilibrou a disputa. Já na etapa final, os japoneses voltaram mais concentrados e conseguiram marcar os gols. Tanaka, mais uma vez, aproveitou vacilo do goleiro Cleiton e colocou os Samurais na frente, logo no começo do segundo tempo.

Aos 22 minutos, Nakayama acertou um belo chute de fora da área e ampliou para o Japão. Jardine fez alterações na equipe durante o jogo, mas o time brasileiro encontrava muitas dificuldades para impor seu estilo. Já no final da partida, aos 36 minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Brasil após toque de mão do defensor japonês. Pedro, ex-Fluminense, bateu forte e diminuiu o marcador, dando números finais ao confronto.

A jovem seleção se reúne novamente, em novembro, para jogar os três últimos amistosos antes do Pré-Olímpico, que acontece em janeiro, na Colômbia. Os adversários serão Estados Unidos, Chile e Argentina.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!