Sportbuzz
Testeira
Futebol / SELEÇÃO BRASILEIRA!

Jornal argentino exalta Tite e substituição que mudou o time do Brasil contra a Colômbia: "É preciso tirar o chapéu"

Para o veículo argentino, Tite foi muito bem em suas escolhas de substituições no Brasil, em especial a que mudou toda a forma de jogar do time diante da Colômbia

Redação Publicado em 12/11/2021, às 08h10

Tite, treinador do Brasil, exaltado por jornal argentino - GettyImages
Tite, treinador do Brasil, exaltado por jornal argentino - GettyImages

A atuação do Brasil, e as alterações de Tite no Brasil para a partida contra a Colômbia, pelas Eliminatórias, na noite desta quinta-feira, 11, foi tão impecável que além de render a classificação para a Copa do Mundo de 2022, também arrancou elogios do jornal argentino "Olé", que exaltou o treinador brasileiro, e a forma como mudou a cara do time.

Em uma publicação, o tradicional jornal elogiou Tite, dizendo que era preciso 'tirar o chapéu' para o treinador, principalmente pela substituição do meia Fred pelo atacante Vinicius Jr., que mudou a forma de jogar do Brasil na partida.

Depois de fazer um primeiro tempo sem gols, Tite não pensou demais, e voltou do intervalo com a estrela do Real Madrid já em campo. Com essa substituição, o Brasil começou a atacar com quatro jogadores, e a investir mais em jogadas pelo lado esquerdo, com Vini Jr. Depois que ele entrou, a seleção dominou de vez as ações e chegou ao gol da vitória aos 26 minutos do segundo tempo, depois da assistência de Neymar para Paquetá, que estufou as redes e fez o 1 a 0.

"É preciso tirar o chapéu para o grande treinador que têm os brasileiros. Não perdeu tempo e após o intervalo mandou a estrela do Real Madrid a campo para não ficar no empate com os colombianos", pontuou o jornal.

Sendo o líder isolado das Eliminatórias, agora com 34 pontos, o Brasil volta a campo na próxima terça-feira, 16, às 20h30 (horário de Brasília), para o clássico contra a Argentina, em San Juan, pela rodada 14 da competição.

O jogo

A primeira chance do jogo saiu aos cinco minutos, quando Barrios pegou a sobra de um cruzamento na área e finalizou bonito, mas a bola saiu por cima do gol de Alisson. O Brasil respondeu aos oito minutos, com Danilo. O lateral resolveu arriscar um chute de fora da área mas, assim como o colombiano, mandou por cima do gol.

Aos 19, Duván Zapata recebeu de Lerma e finalizou da entrada da área, o chute levou perigo, mas acabou indo para fora. Dois minutos depois, Fred conseguiu enfiar uma linda bola para Paquetá na área, por cima da marcação, mas o meia errou o chute de voleio e mandou para fora.

Aos 26 minutos, Paquetá recebeu na intermediária e chutou de fora da área. Ospina caiu para fazer defesa tranquila! Já aos 35, o Brasil saiu em velocidade, Raphinha rolou para Danilo, que tentou um cruzamento rasteiro, mas a bola desviou no marcador e acabou tocando a trave antes de sair, assustando o goleiro colombiano.

As melhores chances saíram no final da primeira etapa! Aos 39, Cuadrado recebeu lançamento pela direita, cortou para o meio e rolou para Luis Díaz, que chegou batendo de primeira, e a bola saiu tirando tinta da trave esquerda de Alisson. Já nos acréscimos, Neymar cobrou escanteio para o meio da área e Marquinhos subiu muito bem para cabecear, mas acabou mandando à esquerda do gol.

A Colômbia dificultou muito a criação de jogadas da Seleção Brasileira durante o primeiro tempo, então, para mudar o esquema tático do time, Tite resolve tirar Fred para a entrada de Vinícius Jr. Dessa forma, o atacante do Real Madrid passou a atuar pela ponta, enquanto Lucas Paquetá foi recuado para o meio de campo, jogando ao lado de Casemiro.

Os primeiros minutos da segunda etapa ainda foram de muita marcação por parte dos colombianos e Tite resolveu colocar Matheus Cunha e Antony no jogo, no lugar de Gabriel Jesus e Raphinha. E logo aos 23, Antony, que tinha acabado de entrar, conseguiu bonita finta pela ponta direita para passar pela marcação de Moreno e cruzou. Matheus Cunha ganhou pelo alto, mas cabeceou por cima do gol.

O Brasil abriu o placar aos 26 minutos! Tesillo tentou fazer um lançamento, mas foi interceptado por Marquinhos. O zagueiro achou Neymar na entrada da área, e o camisa 10, de primeira, tocou para Paquetá dentro da área, que, também de primeira, chegou batendo de perna direita para abrir o marcador na Neo Química Arena.

Aos 38 minutos, Casemiro cometeu falta no meio de campo e foi advertido com cartão amarelo. O volante estava pendurado e será desfalque na partida contra a Argentina na próxima semana.

Nos minutos finais, o Brasil manteve a posse de bola e trocou passes no campo de ataque (aos gritos de 'Olé' das arquibancadas) para administrar o jogo. Antony ainda chegou a arriscar uma finalização de dentro da área, mas bateu fraco e Ospina fez a defesa. Após o apito final, o Brasil oficialmente carimbou o passaporte para o Catar e garantiu sua vaga na Copa do Mundo de 2022.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!