Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Jô admite ter perdido a confiança em momento turbulento no Corinthians, e avalia polêmicas: "Um pouco assustado"

Jô viveu uma fase complicada, onde foi envolvido em polêmicas com a torcida do Corinthians

Redação Publicado em 21/08/2021, às 10h44

Jô, jogador do Corinthians comemorando com a camisa do clube - GettyImages
Jô, jogador do Corinthians comemorando com a camisa do clube - GettyImages

Quem não lembra as recentes polêmicas envolvendo o atacante do Corinthians, ? Da chuteira verde até uma suposta festa na pandemia, o jogador teve seu nome vinculado a diversos assuntos, justo em um momento em que não estava rendendo tanto dentro de campo.

Em entrevista ao site "Globo Esporte", Jô disse estar agora vivendo seu ápice físico desde seu retorno ao Corinthians, em junho do ano passado. Além disso, o jogador, que é o artilheiro da equipe na temporada, com sete gols, disse que superou a má fase.

"Eu fiquei um pouco assustado. Na minha cidade (São Paulo), onde fui nascido e criado, nunca havia passado por isso", disse Jô.

Vale lembrar que durante a época em que estava sendo alvo de críticas da torcida, o carro do jogador chegou a ser apedrejado em São Paulo. Nessa ocasião, o jogador estava participando de um evento de sua marca de roupas, e os torcedores foram até o local hostiliza-lo.

Falando dentro das quatro linhas, Jô disse que o trabalho é realizado diariamente, e que apesar de o torcedor querer resultados imediatos, as vezes eles demoram para aparecer.

"Estou feliz pela sequência. É como eu sempre falava, é um trabalho. Às vezes, o torcedor quer resultado imediato, mas nós aqui dentro do Corinthians sabemos o quanto trabalhamos, o quanto eu tenho me esforçado não só nos treinos, mas fora também. Com trabalhos específicos na academia, no Lab R9, com os fisioterapeutas e preparadores, todos me apoiando para melhorar a minha forma física, melhorar minha mobilidade, para virem os resultados. E eles estão aparecendo. Fico feliz e espero melhorar a cada dia mais", contou.

O jogador ainda falou dos aspectos táticos do Corinthians hoje, e contou que o time precisa de um jogador que segure a bola para a aproximação dos meias.

"Hoje, o time tem boa posse de bola, requer um homem que consiga segurar a bola para a aproximação dos meias e volantes para o time sair de trás. Tenho conseguido fazer isso com qualidade. Vem a aproximação dos meias e fica mais fácil para jogar, conseguimos as tabelas. Hoje já não saio tanto do meio do campo. Uma hora ou outra saio pelas beiradas, foi assim no gol do Renato com saída pela lateral. É mais isso, para oxigenar o time, respirar, conseguir sair de trás e fazer boa construção de média avançando para o ataque. Estou me aprimorando bem, é uma das minhas características fazer isso. Estamos crescendo bastante", completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!