Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » TENSO!

Incêndio, vandalismo e briga marcam pós-jogo no Beira-Rio

Torcedores do Internacional deixaram o estádio com os ânimos exaltados após a derrota na Copa do Brasil

SportBuzz Digital Publicado em 19/09/2019, às 12h37

Internacional x Athletico Paranaense
Internacional x Athletico Paranaense - Reprodução/Globo Esporte

Após o revés na grande final da Copa do Brasil 2019, os torcedores do Internacional deixaram o Beira-Rio com os ânimos exaltados. Tudo começou com um princípio de incêndio em um dos setores do estádio, mais precisamente no Portão 7. Ao que tudo indica, um artefato inflamável foi arremessado ao letreiro do estádio, o que ocasionou todo o alvoroço.

Enquanto os bombeiros contornavam a situação, a Brigada Militar precisou agir também nas dependências do local. Alguns torcedores começaram a protagonizar confrontos entre eles e também contra os policiais que faziam a segurança do espaço durante a partida final do torneio.

Além disso, membros das organizadas Camisa 12 e Guarda Popular entraram em conflito. O Batalhão de Choque precisou intervir e o problema tomou proporções ainda maiores. Bombas de efeito moral e balas de borracha precisaram ser utilizadas. Os torcedores revidaram arremessando garrafas.

Na área externa, veículos e estabelecimentos também foram alvos de vandalismo. Após momentos de muita tensão, a Brigada foi acionada para se locomover até um posto de gasolina próximo ao Beira-Rio, que estaria sendo depredado por torcedores.

SOBRE O JOGO

Após a lição de casa bem feita na Arena da Baixada, na última quarta-feira, 11, quando venceu a partida de ida por 1x0, o Athletico impôs o ritmo de jogo no confronto de volta e abriu o placar com Léo Cittadini, aos 23 minutos do primeiro tempo. 

Mesmo com o banho de água fria, o Inter não demorou muito para esboçar reação. Depois de sete minutos, os donos da casa empataram o jogo com Nico López. Daí em diante, o jogo ficou em aberto. 

No primeiro tempo, Tiago Nunes viu a equipe de Odair Hellmann tomar conta do jogo, com 68% de posse de bola, o Internacional buscou muito garantir o resultado nos 45 minutos iniciais, mas não deu muito certo.

Já na segunda etapa, os finalistas protagonizaram uma verdadeira batalha, mostrando o quanto mereciam este cenário. Após os 20 minutos de jogo, o Athletico dominou o jogo com um sistema defensivo muito bem postado, minando qualquer possibilidade dos gaúchos pensarem em uma possível reação. Nos acréscimos, Rony garantiu o título após uma jogada genial de Marcelo Cyrino. 

O clube paranaense de 95 anos conquistou a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história. Essa também é a primeira vez que o Estado do Paraná celebra a vitória no torneio.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!