Sportbuzz
Testeira
Futebol / SOLTOU O VERBO!

Ídolo do Palmeiras, Marcos defende Copa América no Brasil e alfinetou Globo

Ex-goleiro do alviverde e da seleção brasileira afirma que Globo estaria fazendo “gritaria” por exclusividade de transmissão do SBT

Redação Publicado em 01/06/2021, às 16h36 - Atualizado às 17h53

Marcos deu sua opinião sobre a realização da Copa América no Brasil - Reprodução/Instagram
Marcos deu sua opinião sobre a realização da Copa América no Brasil - Reprodução/Instagram

A escolha do Brasil como a nova sede da Copa América repercutiu negativamente entre torcedores, jornalistas e políticos. Entretanto, o ex-goleiro e ídolo palmeirense Marcos saiu em defesa da realização da competição e questionou as intenções da Globo. Ele publicou uma mensagem em seu perfil no Instagram ironizando a emissora.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por MARCOS R S REIS (@marcosgoleiro_12)

 

"Copa América com transmissão do SBT no Brasil não pode, gritaria global, mas os campeonatos com transmissões da Globo não tão acontecendo aí, na nossa cara? Comentaristas, não menosprezem nossa inteligência", escreveu Marcos.

Segundo o palmeirense, a Globo estaria promovendo toda essa "gritaria global" para impedir que a Copa América seja jogada no Brasil apenas por interesses comerciais já que recentemente o SBT adquiriu os direitos televisivos da competição sul-americana e a transmitirá com exclusividade. Além disso, Marcos questionou a continuidade das transmissões dos campeonatos regionais e nacionais pela emissora.

Após o anúncio da Conmebol, o senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, oficializou nesta segunda-feira, 31, o requerimento para convocação de Rogério Caboclo, presidente da CBF, para depor na comissão.

 

 

A Copa América terá início no dia 13 de junho e inicialmente seria dividida entre Colômbia e Argentina. Porém, a primeira sede pediu o adiamento da competição por estar vivendo um período de grave instabilidade e crise social.

Já a Argentina, afirmou que a realização prejudicaria ainda mais a situação da pandemia no país, que teme por uma nova onda de Covid-19. Na segunda-feira (31/5), o Brasil foi escolhido com país sede da próxima edição do torneio.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!