Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Flamengo: Paulo Sousa se revolta com pergunta após jogo contra o Altos-PI

Treinador do Flamengo, Paulo Sousa concedeu entrevista coletiva depois de conquistar a classificação para as oitavas de final na Copa do Brasil

Redação Publicado em 12/05/2022, às 13h39

Paulo Sousa, técnico do Flamengo - Gilvan de Souza/Flamengo/Flickr
Paulo Sousa, técnico do Flamengo - Gilvan de Souza/Flamengo/Flickr

O técnico do Flamengo, Paulo Sousa, se irritou com pergunta feita em entrevista coletiva após a vitória sobre o Altos-PI pela 3ª rodada da Copa do Brasil. Com o placar de 2 a 0 para o rubro-negro, a equipe carioca garantiu a classificação para as oitavas de final do torneio. A interrogação feita ao comandante do time dizia respeito à torcida.

Questionado sobre as cobranças da Nação, em meio à recente polêmica com Jorge Jesus em sua vinda ao Brasil, o treinador não poupou palavras ou a elevação de voz. "Eu não peço que eles tenham paciência. Nunca me ouviu falar isso, é sua pergunta, certo? Já disse para terem paciência? Eu já disse?”, indagou, conforme falava mais alto. "É completamente diferente, não pode colocar palavras que eu não disse. A exigência do torcedor do clube é máxima".

 

CANAL - SPORTBUZZ:

O português ainda completou: "Temos que trabalhar para oferecer essa eficiência. Sabemos que isso acontece, é essa exigência que está presente para melhorar e oferecer alegrias. Não é questão de paciência, é uma questão de reestruturação, reconstrução, estamos trabalhando e oferecendo o melhor de nós mesmos para eles serem felizes".

RETORNO AO MENGÃO

Depois de 159 dias longe dos gramados, Rodrigo Caio finalmente voltou a vestir e defender a camisa do Flamengo. Depois de muito esforço, o zagueiro conseguiu se recuperar e foi escalado por Paulo Sousa como titular e capitão da equipe. Jogando apenas 46 minutos, o atleta ainda está retomando a melhor forma física e deve fazer dupla de zaga permanente com David Luiz em breve.

Flamengo em campo contra o Altos-PI
Flamengo em campo contra o Altos-PI (Créditos: Gilvan de Souza/Flamengo/Flickr)

 

"A minha vida se resume a ser um sobrevivente. Então eu nunca vou desistir dos meus sonhos, do que quero e daquilo que eu acredito como pessoa. Para mim, isso é uma questão de vida. Fico muito honrado em poder retornar novamente com saúde, em poder fazer o que eu amo e voltar a ajudar meus companheiros. Vamos em frente que a história do Rodrigo só está começando", disse o defensor. 


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!