Sportbuzz
Testeira
Futebol / DESABAFOU!

Rodrigo Caio abre o jogo após lesão e bastidores de momento difícil

Rodrigo Caio lembrou do esteve fora do Flamengo devido a uma lesão no joelho direito e falou sobre a importância de se respeitar os limites do seu corpo

Redação Publicado em 12/05/2022, às 08h16

Rodrigo Caio fala sobre lesão - Flickr - Gilvan de Souza/Flamengo
Rodrigo Caio fala sobre lesão - Flickr - Gilvan de Souza/Flamengo

Nesta quarta-feira, 11, o Flamengo enfrentou o Altos-PI no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. A vitória rubro-negra por 2 a 0 foi marcada não só pela classificação, mas pela volta de Rodrigo Caio aos relacionados para a partida. Depois de uma lesão grave no joelho direito e complicações após cirurgia, o defensor conseguiu dar a volta por cima.

Depois de 159 dias longe dos gramados, Rodrigo Caio finalmente voltou a vestir e defender a camisa do Flamengo. Depois de muito esforço, o zagueiro conseguiu se recuperar e foi escalado por Paulo Sousa como titular e capitão da equipe. Jogando apenas 46 minutos, o jogador ainda está retomando a melhor forma física e deve fazer dupla de zaga permanente com David Luiz em breve.

 

CANAL - SPORTBUZZ

Comentando sobre sua situação, o zagueiro revelou que enfrentou o seu primeiro problema com lesões quando tinha apenas 15 anos de idade. Apesar de ouvir muitos comentários de que não voltaria a jogar, o atleta trabalhou firme em sua recuperação e conseguiu seguir a carreira no futebol. Lembrando da situação, Rodrigo festejou a volta aos gramados.

"A minha vida se resume a ser um sobrevivente. Então eu nunca vou desistir dos meus sonhos, do que quero e daquilo que eu acredito como pessoa. Para mim, isso é uma questão de vida. Fico muito honrado em poder retornar novamente com saúde, em poder fazer o que eu amo e voltar a ajudar meus companheiros. Vamos em frente que a história do Rodrigo só está começando", disse.

Rodrigo Caio comemora gol de Gabi
Nesta quarta-feira, 11, Rodrigo Caio voltou a campo pelo Flamengo depois de mais de cinco meses - Flickr (Gilvan de Souza/Flamengo)

O jogador também destacou a importância de se respeitar os limites do seu próprio corpo e revelou que 2021 foi um ano muito complicado para ele nesse sentido. Mesmo com sentindo, o atleta passava por cima das dores para poder jogar e agora se mostrou arrependido de sua decisão.

"Lembro que quando chegava em casa destruído de um jogo e no outro dia quando eu acordava e colocava os pés no chão com muita dor, eu não podia abraçar meu filho, pegá-lo no colo e nem sair para fazer nada com a minha esposa ou com a minha família. E isso não era uma vida que eu queria. Aguentei até o final onde eu, junto com o departamento médico, falei: 'Cara, preciso fazer essa artroscopia para poder fazer uma limpeza no meu joelho e para que eu possa voltar a jogar saudável'", colocou.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!