Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO!

Contando com gol contra, Fluminense supera o Athletico-PR fora de casa pelo Brasileirão!

Zé Ivaldo, do Athletico-PR foi quem marcou contra, favorecendo o Fluminense na partida do Brasileirão

Redação Publicado em 17/10/2021, às 17h55

Jogadores do Fluminense comemorando o gol diante do Athletico-PR no Brasileirão - Transmissão TV Globo
Jogadores do Fluminense comemorando o gol diante do Athletico-PR no Brasileirão - Transmissão TV Globo

Athletico-PR e Fluminense se enfrentaram na tarde deste domingo, 17, pela 27ª rodada do Brasileirão, na Arena da Baixada. Para a partida, os donos da casa chegaram depois de um empate com Chapecoense e precisavam da vitória para continuar próximo ao G-6.

No entanto, o clube poupou alguns de seus titulares de olho na semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo, às 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira, 20. Tendo 34 pontos somados, o time é o oitavo colocado do Brasileirão.

Do lado do Fluminense, a equipe estava sem vencer, e sem marcar gols há três jogos, e chegou pressionado para a partida, com Marcão planejando mudanças na escalação. Com 33 pontos, o Tricolor está em 10º lugar na tabela de classificação e a vitória o colocou perto do G4.

Confira como as equipes entraram em campo para a partida, e como foi o jogo:

Escalações

O jogo

Primeiro tempo

No início da partida, o Fluminense trocou passes no seu campo de defesa. Samuel Xavier recuou para Nino, que passou para David Braz. Como resposta, o Athletico subiu as linhas de marcação e dificultou a saída do Tricolor.

Na sequência, Richard roubou a bola e acionou Bissoli. O atacante recebeu e já finalizou, mas mandou em cima de Marcos Felipe na primeira boa chegada do jogo.

O Fluminense tentou atacar pelo lado esquerdo de campo. John Kennedy, Caio Paulista e Arias trocaram passes. Na sequência, JK tentou a jogada individual, mas foi desarmado e ainda cometeu falta de ataque.

Aos sete minutos, dentro da área, Bissoli recebeu o cruzamento rasteiro e tentou a finalização de letra, mas não pegou bem na bola, que ficou tranquila com o goleiro Marcos Felipe.

Com 13, o Athletico chegou outra vez! Carlos Eduardo tabelou com Khellven, mas o lateral pegou mal na bola, manou por cima do gol e despediçou uma boa chance.

No lance seguinte, o Fluminense saiu jogando errado, e o Athletico desceu em velocidade outra vez. Depois da troca de passes pela esquerda, Christian foi quem arriscou. O volante finalizou forte, mas em cima de Marcos Felipe, que fez defesa segura, sem dar rebote.

Aos 33 minutos, gol do Athletico-PR, mas foi contra!

David Braz subiu como um meia-armador e abriu em Samuel Xavier, na direita. O lateral, na linha de fundo, cruzou na área e contou com a saída ruim do goleiro Santos. Zé Ivaldo tentou afastar, mas mandou de nuca para o próprio gol.

Depois do gol, a bola foi lançada na área do Fluminense, e sobrou com Pedro Rocha, que finalizou sozinho para uma defesaça de Marcos Felipe. 

Depois de dois escanteios do Athletico, o Fluminense roubou a bola e conseguiu sair em contra-ataque. De Yago para Arias, de Arias para John Kennedy. Aberto pela esquerda, o garoto infiltrou na área, tentou a jogada individual e finalizou, ganhando o escanteio.

Fim do primeiro tempo!

Segundo tempo

Na volta do intervalo, aos dois minutos, John Kennedy foi lançado na área e foi derrubado por Khellven. O juiz logo assinalou o pênalti, mas voltou atrás e marcou o impedimento. O VAR entrou em ação para analisar o lance, confirmando a marcação do árbitro.

Aos 16 minutos, Zé Ivaldo lançou a bola na área, e Carlos Eduardo ajeitou de cabeça para trás. Ela ficou viva e continuou com o Furacão. Na sequência, Khellven cruzou outra vez, mas Marcos Felipe saiu bem do gol e ficou com a bola.

Na sequência, o Fluminense cobrou a falta rapidinho e saiu em velocidade. Jhon Arias, Caio Paulista e John Kennedy dispararam, e JK tentou acionar o colombiano dentro da área, mas errou o passe.

Com 22, Nino lançou John Kenney, que fez o corte e passou para trás. André chegou, dominou e arriscou outra vez, obrigando Santos a fazer mais uma boa defesa.

Aos 37 o jogo ficou truncado com muitos erros dos dois lados. O Athletico perdeu a posse de bola na frente e logo depois, Manoel lançou para ninguém.

Nos acréscimos, Lucca cobrou a falta na área, e Manoel, sozinho, finalizou para fora. O zagueiro lamentou muito a chance desperdiçada.

Com 51, Khellven cruzou na área, e Pedro Rocha subiu para cabecear para fora, mas com muito perigo. Marcos Felipe só observou e torceu.

Fim de jogo!


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!