Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO

Na estreia de Guto Ferreira, Bahia vence Athletico e sai da zona de rebaixamento

Com gols de Raí Nascimento e Gilberto, Tricolor vence fora de casa e dorme fora do Z-4

Redação Publicado em 09/10/2021, às 20h53 - Atualizado às 20h54

Na reestreia de Guto Ferreira, Bahia vence Athletico e sai da zona de rebaixamento - Transmissão/ GE
Na reestreia de Guto Ferreira, Bahia vence Athletico e sai da zona de rebaixamento - Transmissão/ GE

Na reestreia do técnico Guto Ferreira, o Bahia venceu o Athletico-PR por 2 a 0 neste sábado, 9, em duelo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Raí Nascimento e Gilberto marcaram os gols da partida disputada na Arena da Baixada.

Com o resultado, o Tricolor de Aço chegou aos 26 e saiu, momentaneamente, da zona de rebaixamento, empurrando o Sport para o Z-4. O time ainda pode perder posição para o Santos, que ainda joga na rodada. Já o Furacão estacionou nos 33 pontos, na sétima colocação.

O Athletico-PR volta a campo na próxima quarta-feira, 13, às 19h (de Brasília), para enfrentar a Chapecoense, fora de casa, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Bahia recebe o Palmeiras na terça-feira, 12, às 21h30, na Arena Fonte Nova.

O JOGO

Na primeira boa chegada do Bahia, aos 19 minutos de jogo, Juninho Capixaba fez jogada com Mugni, recebeu dentro da área e foi travado por Thiago Heleno no momento certo.

O Furacão assustou aos 24 minutos, com finalização de Bissoli. O atacante recebeu de fora da área, aproveitou a desorganização da defesa do Tricolor de Aço e chutou cruzado, perto da trave de Danilo Fernandes. Aos 41, Terans finalizou firme e exigiu boa defesa do goleiro Danilo Fernandes.

O Bahia abriu o placar aos 43 minutos do primeiro tempo, com gol de Raí Nascimento. Após desvio de cabeça de Gilberto, o atacante saiu cara a cara com Santos, dominou e bateu rasteiro: 0 a 1.

Gilberto ampliou o placar para o Tricolor aos quatro minutos do segundo tempo. Juninho Capixaba levantou na área e o atacante apareceu livre para finalizar: 0 a 2.

Com desvantagem no placar, o Furacão ensaiou uma pressão e chegou a levar perigo ao Bahia. Aos 12 minutos, Terans recebeu na área e bateu firme para a defesa de Danilo Fernandes. Aos 24, Pedrinho recebeu o cruzamento de NIkão e bateu de chapa, exigindo outra grande defesa do goleiro do Bahia, que ainda segurou um chute firme de Kayzer, aos 30.

O Bahia segurou a pressão do Athletico nos minutos finais. Aos 37, Pedro Henrique bateu de chapa, mas sem muito efeito. Aos 39, Khellven recebeu o cruzamento de Nicolas e chutou de direita, por cima do gol.

No fim, aos 45 minutos, Nikão ficou com a sobra de escanteio e mandou uma bomba no travessão.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!