Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / EITA!

Condenado na Itália, Robinho quer voltar ao futebol e clubes monitoram

Condenado por estupro a uma mulher albanesa na Itália, Robinho pensa em voltar a jogar futebol profissional; clubes demonstram interesse

Redação Publicado em 11/01/2023, às 08h25

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Condenado na Itália, Robinho ainda tem o desejo de jogar futebol - Ivan Storti/Santos FC
Condenado na Itália, Robinho ainda tem o desejo de jogar futebol - Ivan Storti/Santos FC

Condenado a prisão na Itália por estupro a uma mulher albanesa em 2013, Robinho está refugiado no Brasil e pensa em voltar a jogar futebol. De acordo com informações do "Uol", o atacante desperta o interesse de duas equipes do território nacional. Já demonstraram interesse pelo jogador clubes como a Portuguesa Santista e também o Brasiliense

Segundo a reportagem, os dois times fizeram contato com o jogador para entender melhor quais são as condições de Robinho neste momento. Aos 38 anos, o ex-atacante do Santos ainda acredita que pode voltar a jogar futebol de maneira profissional. O atleta vem participando de algumas atividades na Portuguesa Santista e tem buscado manter a forma nem um campo no Guarujá. 

Mesmo com o interesse das duas equipes, Robinho ainda não sabe se vai se arriscar a voltar ao futebol profissional. O jogador, além da idade avançada, tem medo do que a sua família pode sofrer com um possível retorno do atleta ao meio do esporte. Segundo ele, a imprensa pode prejudicá-lo com algum tipo de perseguição. 

Importantes destacar que, segundo a publicação, Robinho tem conversado constantemente com pessoas próximas e não esconde o desejo de um dia retornar os gramados. O último clube pelo qual defendeu foi o Istanbul Basaksehir, da Turquia, em 2020. Depois disso, ele acertou a sua volta ao Peixe, porém não chegou a jogar devido a sua condenação de estupro na Itália. 

JULGAMENTO DO CASO

Na audiência realizada em solo italiano, em outubro do ano passado, Robinho não compareceu e permaneceu no Brasil. De acordo com as informações publicadas pelo site “GE”, o atacante se comunicou a todo momento com seus advogados por meio de um grupo de mensagens. A vítima esteve presente no tribunal durante todo o julgamento.

Robinho, ex-Santos
Robinho, ex-Santos (Créditos: Ivan Storti/Santos FC/Flickr)

À época, em janeiro de 2022, o recurso de Robinho consistia em um dossiê sobre certas condutas da vítima. Incomodado com a estratégia, o presidente da audiência na Corte de Cassação, Luca Ramacci, afirmou que o assunto não deveria fazer parte da discussão. Assim, a tentativa da defesa do jogador acabou indo por água abaixo.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!