Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Complicou, Bahia! Agora no Ceará, Guto Ferreira alfineta Tricolor e detona: "Me tachavam de distribuidor de camisas"

Treinador demonstrou seu descontentamento em com a equipe baiana

Redação Publicado em 07/12/2020, às 13h42 - Atualizado às 14h36

Guto Ferreira em ação pelo Ceará
Guto Ferreira em ação pelo Ceará - GettyImages

No último sábado, 5, o Ceará visitou o Bahia, na Arena Fonte Nova, e venceu a quarta contra o Tricolor na temporada.  No total, contando Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro, a equipe de Guto Ferreira enfrentou o time baiano em cinco oportunidades e, consequemente, venceu quatro, além de ter empatado apenas um jogo. 

Em entrevista coletiva, depois da partida, o treinador alvinegro, que teve passagens vitoriosas pelo Bahia, em 2016 e 2018, relembrou sua estadia no clube e deu uma alfinetada. Segundo ele, é preciso investir no trabalho e destacou uma visão, um tanto quanto deturpada, de seu trabalho na época em que passou por Salvador

"Não acredito em resultado que não tenha um investimento: o trabalho. Se você só distribuir as camisas... Como em meu trabalho aqui em Salvador, em algum momento, alguns me tachavam de simples distribuidor de camisas, acho que esse distribuidor tem realizado no Ceará um trabalho em crescimento", disse. 

Ele ainda seguiu destacando o seu amplo restrospecto positivo contra os times de Salvador. Contando com os confrontos diante do Vitória, foram oito jogos, com sete vitórias e apenas um empate: "Contra os baianos, nesse ano, tivemos um aproveitamento bastante importante". 

Guto Ferreira continuou valorizando o seu trabalho no Ceará e também o apoio que o clube alvinegro sempre deu para ele. Há quatro jogos sem perder no Brasileirão, o Vôzão está com 32 pontos e ocupa a nona colocação na tabela do campeonato nacional. 

"Com a experiência e os estudos a respeito de treinamento esportivo, sabíamos que, fatalmente, teríamos um crescimento a partir da hora que passássemos a ter tempo de descanso. A equipe cresceria em organização, em intensidade e em volume de jogo e que isso poderia nos ajudar a ter os resultados", afirmou. 

O treinador cearense ainda finalizou: "É gostoso você ter falado antes e ter acontecido. Mostra que estava no caminho certo, que sabia o que estava fazendo. Isso passa credibilidade não só pro torcedor, mas, principalmente, pro jogador"


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!