Sportbuzz
Testeira
Futebol / DECEPCIONARAM!

Cinco jogadores eleitos "Golden Boy" que decepcionaram em suas carreiras

Pedri, do Barcelona, venceu o prêmio ‘Golden Boy’ que premia o melhor jogador sub-21 do ano; relembre jogadores que venceram o prêmio, mas não atingiram seu potencial

Lucas Cesare Publicado em 23/11/2021, às 19h32 - Atualizado às 19h57

Cinco jogadores eleitos "Golden Boy" que decepcionaram em suas carreiras - Getty Images
Cinco jogadores eleitos "Golden Boy" que decepcionaram em suas carreiras - Getty Images

Na última segunda-feira, 22, o jornal italiano ‘Tuttosport’ divulgou que Pedri, meio-campista do Barcelona, de 18 anos de idade, venceu o prêmio ‘Golden Boy’ de 2021, que premia o melhor jogador sub-21 que disputa apenas ligas de primeira divisão da Europa.

Grandes nomes do futebol mundial já receberam esta honraria, como Lionel Messi, Sergio Agüero, Paul Pogba, Kylian Mbappé, Erling Haaland, entre outros. Mas também existiram casos de jogadores que venceram o prêmio mas não atingiram o potencial que lhes era esperado.

 

 

Pensando nisso, o SportBuzz preparou uma lista com as cinco maiores ‘decepções’ do prêmio ‘Golden Boy’. Confira abaixo:

1- Anderson

Após se destacar com a camisa do Grêmio na campanha do título da Série B de 2005, Anderson foi vendido ao Porto, de Portugal, onde fez uma boa temporada, apesar da lesão que o deixou afastado dos gramados por cerca de cinco meses, e chamou a atenção de Alex Ferguson, técnico do Manchester United, que pediu a contratação do jogador na temporada seguinte.

Anderson teve um início de carreira brilhante no United, vencendo o prêmio ‘Golden Boy’ de 2008, ano que se transferiu ao clube. Porém, não conseguiu repetir as boas atuações com o passar dos anos e viu sua carreira desandar. Depois do Manchester, passou por Fiorentina, Internacional, Coritiba, até se aposentar no Andana Demirspor, da Turquia.

Anderson venceu o 'Golden Boy' atuando pelo Manchester United (Créditos: Getty Images)

 

2- Alexandre Pato

Alexandre Pato é o segundo brasileiro a receber o prêmio. Após se destacar pelo Internacional no início da carreira, onde conquistou o Mundial de Clubes de 2006, o jogador chamou a atenção do Milan, da Itália, que o comprou antes mesmo dele completar 18 anos.

Atuando pelo Rossonero, o atleta venceu o prêmio ‘Golden Boy’ de 2009, mas sofreu muito com contusões durante sua passagem pela Itália e acabou decepcionando. Em 2013, foi vendido ao Corinthians, depois passou por São Paulo, Chelsea (onde fez dois jogos), Villarreal, Tianjin Tianhai (da China) e Orlando City, onde atua nos dias atuais.

Pato venceu o 'Golden Boy' atuando pelo Milan (Créditos: Getty Images)

 

3- Mario Balotelli

Balotelli é, sem dúvidas, um dos jogadores mais polêmicos que o mundo do futebol já teve. Revelado pelo Lumezzane, da Itália, o jogador foi vendido ainda muito jovem à Inter de Milão, onde impressionou, mas já começou a mostrar ser um jogador complicado. Sua habilidade e força física faziam com que o atleta fosse frequentemente comparado à Adriano Imperador.

Em agosto de 2010, foi vendido ao Manchester City e, no final do ano, foi coroado com o prêmio ‘Golden Boy’. Sempre envolvido em polêmicas dentro e fora de campo, Balotelli não conseguiu atingir o potencial esperado e, mesmo tendo atuado por outras grandes equipes, como Liverpool e Milan, acabou decepcionando. Hoje defende o Andana Demirspor.

Balotelli apareceu para o futebol mundial atuando pela Inter de Milão (Créditos: Getty Images)

 

4- Mario Götze

Mario Götze é outro nome que venceu o ‘Golden Boy’ mas não conseguiu se tornar o grande jogador que era esperado. Após brilhar no Borussia Dortmund (clube que o revelou), onde ajudou a colocar um fim à hegemonia do Bayern de Munique na Alemanha, o atleta foi coroado com o prêmio em 2011 e em 2013 se transferiu ao rival alemão.

Em 2014, fez o gol que deu o título da Copa do Mundo para a Alemanha, porém, durante sua passagem pelo Bayern de Munique, Götze sofreu com lesões e chegou perto de precisar colocar um fim à sua carreira. Retornou ao Borussia em 2016 e permaneceu até 2020, quando foi vendido ao PSV Eindhoven, da Holanda, onde atua nos dias atuais.

Götze marcou o gol da Alemanha na final da Copa do Mundo de 2014 (Créditos: Getty Images)

 

5- Isco

O nosso último nome da lista de “decepções” do ‘Golden Boy’ é Francisco Román Alarcón Suárez, ou apenas Isco, como é mais conhecido. Revelado pelo Valencia, em 2010, o meio-campista venceu o prêmio em 2012, quando atuava pelo Málaga. Na temporada seguinte foi contratado pelo Real Madrid.

Pelos merengues, Isco conquistou tudo o que tinha direito, e chegou a se destacar em alguns momentos vestindo a camisa branca. Mas sem conseguir ser constantemente importante no time da capital, o jogador acabou se tornando reserva do clube e lá permanece até hoje, sem conseguir recuperar seu lugar no time titular.

Isco se transferiu ao Real Madrid após se destacar pelo Málaga (Créditos: Getty Images)

 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!