Sportbuzz
Testeira
Futebol / OLIMPÍADAS - FUTEBOL FEMININO

Em grande jogo, Brasil e Holanda empatam em 3x3 na segunda rodada do futebol feminino nos Jogos Olímpicos

Na segunda rodada do futebol feminino nos Jogos Olímpicos, Brasil e Holanda fizeram uma partida muito equilibrada

Redação Publicado em 24/07/2021, às 08h14

Brasil e Holanda empatam na segunda rodada do Grupo F - Getty Images
Brasil e Holanda empatam na segunda rodada do Grupo F - Getty Images

Neste sábado, 24, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino voltou a campo após vencer a China por 5x0 na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O compromisso, desta vez, foi contra a Holanda, seleção finalista da Copa do Mundo de Futebol Feminino em 2019, onde saiu derrotada pelos Estados Unidos por 2x0.

As holandesas estrearam nos Jogos com uma goleada histórica. O confronto sobre a Zâmbia ficou marcado por um verdadeiro passeio com grande superioridade da seleção da Holanda, que venceu por 10x3.

O Jogo

A partida não começou com o melhor dos roteiros para o Brasil. No segundo minuto de jogo, Wilms tocou rasteiro na entrada da área, para Vivianne Miedema, que aproveitou a tentativa de interceptação de Érika e girou em cima da zagueira brasileira, ficando sozinha para finalizar e abrir o placar.

Mesmo após sofrer o gol rápido, o Brasil rapidamente tomou as ações da partida e passou a dominar a partida. Aos seis minutos, a pressão da seleção parecia dar resultado, quando a arbitragem assinalou pênalti em Érika, a favor das brasileiras. Porém, a arbitragem de vídeo foi acionada e anulou a penalidade.

Povoando o campo de ataque, a seleção brasileira chegou ao empate aos 15 minutos. Dona da jogada, Debinha achou Duda em um passe em profundidade e entrou na área para receber o passe. Depois da devolução, a camisa 9 finalizou duas vezes, até marcar e colocar o 1x1 no placar.

Após o gol, as duas seleções passaram a propor o jogo, mas tiveram muitos erros nos momentos de definição das jogadas. Tanto finalizando, quanto na escolha do último passe. Aos 22 minutos, Lieke Martens teve a chance de colocar a Holanda na frente de novo depois de puxar um ótimo contra-ataque, mas acabou finalizando à direita do gol do Brasil.

O Brasil continuou criando, mas a grande maioria dos passes decisivos pararam na defesa adversária. Mesmo assim, a seleção chegou com perigo em duas oportunidades. Primeiro com Debinha, com finalização após sobra em escanteio, e depois com Rafaelle, subindo no segundo andar para cabecear, mas viu a bola passar raspando na trave do lado esquerdo da goleira holandesa.

No segundo tempo, a partida voltou ainda mais truncada. Na primeira chance real da Holanda, aos 14 minutos, Miedema subiu mais alto que a defesa em bola alçada na área e cabeceou, contando com falha da goleira Bárbara, a atacante viu a bola morrer no fundo da rede.

Dois minutos após o gol, Ludmila cortou a zagueira e foi derrubada dentro da área e a arbitragem assinalou pênalti para o Brasil. Na cobrança, Marta deslocou a goleira e voltou a empatar a partida. Com o tento, Marta chegou a 13 gols em Jogos Olímpicos e ficou a uma bola na rede de empatar com Cristiane, que tem 14.

Três minutos após o empate, Ludmila aproveitou presente após recuo errado da zaga da Holanda, driblou a goleira e virou a partida para o Brasil.

Aos 34 minutos, em um momento que o Brasil não sofria sustos, a Holanda aproveitou um falta na intermediária de ataque para empatar a partida após uma cobrança feita com maestria por Dominique Janssen.

Após o gol, ambas as seleções não conseguiram criar muitas jogadas de perigo, e o 3x3 permaneceu no placar. Com o empate, o Brasil mantém a segunda colocação do grupo, com quatro pontos conquistados em dois jogos e agora se prepara para enfrentar a Zâmbia na próxima terça-feira, 27.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!